Créditos do Cartão Único: prefeitura ‘lava as mãos’ e manda usuário reclamar ao Procon

Passageiros embarcam no terminal - Foto: Marcos Labanca/Arquivo

Mais notas do Blog da Redação: Vitorassi, motoristas e nova empresa; entrada de animais na Câmara; monitores para cursinho da Unioeste/Foz; grávidas e trabalho presencial.

A Prefeitura de Foz do Iguaçu mantinha um contrato de prestação de serviço público com o Consórcio Sorriso. Empresas e usuários adquiriam vale-transporte no Cartão Único. Agora, com o rompimento, a gestão municipal “lava as mãos” quanto a crédidos remanescentes e sugere ao usuário reclamar no Procon.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

“Os valores que os cidadãos possuem no cartão de vale-transporte deverão ser devolvidos pelo Consórcio Sorriso, que administra o Cartão Único”, sustenta a prefeitura. Já as empresas, em nota no final de janeiro, disseram que “os créditos carregados nos cartões têm validade de 360 dias”, e não há nada no contrato que impeça o seu uso.

Reclamações? No Procon

Mais uma vez, sobrou para o passageiro e para as empresas que adquiriram o vale-transporte. A municipalidade recomenda que “os usuários que tiverem dificuldade em reaver os créditos devem procurar o Procon”, diz a matéria no site oficial da prefeitura.

Vitorassi, motoristas e nova empresa

Dilto Vitorassi, o presidente do Sindicato dos Rodoviários, está descendo a tamanca em vereadores que, segundo ele, querem a demissão dos atuais motoristas para indicar seus apadrinhados no lugar, na nova empresa que irá operar o serviço.

O “gringo” não deu nome aos bois, pelo menos publicamente. Além de vereadores que estão com as orelhas quentes, o grupo de rodoviários no WhatsApp, que conta com a participação de um dos edis iguaçuenses, está pegando fogo.

Entrada de animais na Câmara

Projeto de resolução da mesa diretora, em trâmite, prevê autorização para a entrada de animais domésticos de até dez quilos nas dependências da Câmara de Vereadores. O pet deverá ter coleira e guia. A proposta adverte: bicho feroz ou peçonhento não tem acesso.

Cursinho da Unioeste/Foz busca monitores

Acadêmicos interessados em ser monitores do Cursinho Pré-Vestibular da Unioeste/Foz em 2022 já podem inscrever-se. É preciso encaminhar e-mail aos orientadores das disciplinas com uma carta de apresentação da intenção de participar. O prazo vai até 14 de março. Para dúvidas: [email protected]. Gratuita, a iniciativa busca inserir estudantes dos estratos populares nas universidades.

Grávidas e trabalho presencial

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto de lei que determina o retorno das grávidas ao trabalho presencial. A regra foi aprovada em fevereiro pelo Congresso Nacional e altera as medidas que estavam em vigor por conta da pandemia, afetando as trabalhadoras. É necessário ter a situação vacinal em dia para o retorno.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Blog da Redação

Blog da Redação é de responsabilidade dos jornalistas do Portal H2FOZ. Veja mais mais conteúdo do autor.