Blog pelo Paraná – Batido martelo, Sem beber, Comida Boa, Auxílio para atletas, Sem sarampo, Gafanhotos e Livro do Moro

Xô CPMF
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) pretende recriar a campanha “Xô, CPMF”  para derrubar o imposto sobre movimentações financeiras. “Eu estou pensando em trazer de volta a campanha Xô, CPMF. Ninguém aguenta mais impostos. A sociedade está cansada. E, certamente, vai ter muita dificuldade de passar na Câmara dos Deputados”.

Batido martelo
O conselho de administração da Copel aprovou a venda de 100% da Copel Telecomunicações. Também foi aprovado o início da etapa externa do investimento que envolve a abertura de uma sala de dados virtual com informações sobre a empresa e o envio do processo completo para análise do TCE.

Sem beber
Decreto da prefeitura de Paranavaí  proíbe a venda e o consumo de bebidas alcoólicas das 22h às 6h em locais públicos por dez dias. Na cidade, há 391 casos, 368 se recuperaram e oito pessoas morreram por complicações da doença. O decreto é válido até o dia 26 de julho.

Comida Boa
O Estado deve começar a pagar os R$ 50 do cartão Comida Boa na próxima semana. Mais de 250 mil cartões foram devolvidos pelas prefeituras a Secretaria Estadual de Agricultura.

Auxílio para atletas
A Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que prevê medidas para socorrer o setor esportivo enquanto vigorarem as medidas de isolamento social ou de quarentena vinculadas à pandemia do coronavírus. A proposta inclui o pagamento de auxílio emergencial de R$ 600 aos atletas durante três meses e a suspensão, por um ano, do pagamento de débitos tributários de empresas do setor esportivo com a União. A matéria seguiu para o Senado.

Não chega aqui
Para ajudar as pequenas empresas, o governo federal anunciou novas linhas de crédito, mas os recursos já estão esgotados e mal conseguiram atender a real demanda no Paraná. O Banco do Brasil já atendeu 168,5 mil com empréstimos, o equivalente a R$ 14,3 bilhões. No Paraná, foram 14,5 mil empresas atendidas, num total de R$ 1,23 bilhão emprestado.

Novo respirador
Estudantes e pesquisadores da UEM desenvolveram um capacete-respirador para tratamento de pacientes com covid-19. O artefato custa cerca de 25% do valor dos importados. Além disso, o modelo paranaense pode ser reutilizado, enquanto os equipamentos estrangeiros são descartáveis.

Sem sarampo
A Secretaria Estadual de Saúde confirma que o Paraná permanece há 83 dias sem registrar novos casos de sarampo. São necessários 90 dias sem registro de novas confirmações para que a atual situação de surto seja encerrada. O monitoramento do sarampo começou em agosto de 2019, quando foi confirmada a primeira ocorrência em Campina Grande do Sul, após 20 anos sem registros da doença.

Gafanhotos
Autoridades paraguaias e argentinas confirmaram que uma nova nuvem de gafanhotos se formou no início da semana no Paraguai e está seguindo em direção à Argentina. A nuvem está a cerca de 300 quilômetros da fronteira entre os dois países. O Serviço de Sanidade Vegetal do Paraguai estima que a praga possa causar um prejuízo de até US$ 1,7 milhão na produção agrícola.

Livro do Moro
O livro dos bastidores do ex-ministro Sérgio Moro governo, escrito pela mulher Rosângela Moro, renderá entre  R$ 200 mil a R$ 250 mil segundo fontes do mercado editorial.

Minas e energia
O ministro Bento Albuquerque (Minas e Energia) disse que 35% do capital estrangeiro investido no Brasil está concentrado no setor ao qual sua pasta é vinculada. Albuquerque disse que o Brasil continua no radar dos investidores, e que vê sinais de recuperação da economia do país. 

Avisa antes
As operadoras de telefonia do Paraná deverão alertar aos usuários sobre as previsões de eventos climáticos e meteorológicos extremos que podem provocar impactos à população. É o que prevê o projeto de lei apresentado pela deputada Mabel Canto (PSC) e pelo deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB).

Mecanismo
Romanelli justifica a necessidade de adotar melhores e mais eficientes mecanismos de alerta à população acerca de eventos climáticos e meteorológicos que possam causar danos e prejuízos e vitimam um grande número de pessoas. “As operadoras de telefonia móvel têm um imenso potencial de alcance. Com essa medida, o serviço de alerta via mensagem é a forma mais eficaz de enviar notificação prévia ou posterior ao evento climático ou meteorológico danoso”.

Apoio
A DSS Holding e a Profilática Produtos Odonto-Médico Hospitalares estão doando, até dezembro deste ano, antisséptico em gel para as moradoras do asilo São Vicente de Paulo em Curitiba. A ideia é proporcionar os insumos necessários para o reforço das ações de higiene no local que abriga mais de 100 idosas. 

Redação ADI-PR Curitiba
Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.