Blog pelo Paraná – Cidade sustentável, Dedetização política e Segurança no PR

Projeto Bairro Novo do Caximba, maior intervenção socioambiental da história recente de Curitiba. Foto: Prefeitura de Curitiba.
Siga a gente no

Cidade sustentável
O ranking Cidades Sustentáveis, publicado pela revista canadense Corporate Knights, que avalia a sustentabilidade ambiental nas principais cidades em todo mundo, aponta Curitiba como a cidade mais sustentável da América Latina. Entre as cidades da América Latina, Curitiba é a primeira que aparece na classificação, na 14ª posição. O ranking leva em conta 12 indicadores de sustentabilidade, relacionados à mudança climática, qualidade do ar, uso do solo, transporte, água, resíduos, política e resiliência.

Cidade sustentável II
A capital paranaense participou do ranking junto com 50 cidades do mundo, entre elas São Paulo, Buenos Aires, Cidade do México, Ottawa, Seattle, São Francisco, Berlim, Oslo, Estocolmo, Londres, Paris, Madri, Pequim, Xangai, Tóquio, Singapura e Sydney. “Nossa capital une planejamento e ações concretas para continuar sendo um exemplo para a qualidade do Meio Ambiente”, disse o prefeito de Curitiba, Rafael Greca.

Pequenos municípios
Cerca de 70% dos municípios do Paraná têm até 15 mil habitantes, e para melhorar a qualidade de vida nesses pequenos municípios, o Governo do Paraná investiu, desde 2019, R$ 1,14 bilhão em obras de infraestrutura, aquisições de equipamentos, bens e serviços. “Uma das grandes ações do Governo é não deixar ninguém de lado. Olhamos para todos os municípios a partir de suas particularidades, para que as populações tenham os mesmos ganhos em padrão de vida, seja em grandes ou pequenos municípios”, enfatiza o governador Ratinho Junior.

Centros de desenvolvimento
As ações do Governo do Estado impactam também diretamente na economia dos municípios, com a construção de barracões industriais e Centros de Desenvolvimento Econômico, além da aquisição de equipamentos para essas instalações. Nesse segmento, 56 municípios foram beneficiados e os recursos autorizados chegam a R$ 62,4 milhões.

Dedetização política
O senador paranaense Oriovisto Guimarães (Podemos) disse em plenária que a aprovação da proposta que acaba com o foro privilegiado para mais de 50 mil autoridades significaria a promoção de uma grande limpeza na política brasileira: “Com o fim do foro, em dois anos, não teríamos mais nenhum político investigado, porque todos seriam condenados ou absolvidos na primeira e segunda instâncias. E os condenados, pela lei da ficha limpa, não poderiam mais ser candidatos. Isso promoveria uma dedetização na política, e o STF poderia se dedicar a questões constitucionais”, disse.

Segurança no PR
A maioria dos municípios paranaenses não teve homicídios dolosos no primeiro trimestre de 2022. O Relatório Estatístico Criminal da Segurança Pública do Paraná, divulgado pela Secretaria estadual da Segurança Pública, mostra que em 254 cidades, 63% do total, não houve crime desta natureza, e em outras 84 (21%) houve apenas uma ocorrência do crime nos primeiros três meses deste ano. A maior redução foi nos casos de latrocínios (roubos seguidos de morte), que caíram 53%.

Mulher empreendedora
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo realiza nos dias 17 e 18 de junho o Prêmio Mulher Empreendedora, em Foz do Iguaçu. O empreendedorismo feminino cresceu 34% em 14 anos, mais de 7,9 milhões de mulheres abriram micro e pequenas empresas como forma de alcançar autonomia financeira. O Prêmio Mulher Empreendedora, que é realizado em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, homenageia empresárias que se destacaram no setor do comércio de bens, serviços e turismo do estado.

Homenageadas
Nesta 13ª edição serão homenageadas 44 empresárias entre elas quatro mulheres que contribuem com o desenvolvimento do estado, essas indicadas pela Fecomércio: Graciela Ines Bolzon Muniz, vice-reitora da UFPR, Tatiana Turra Korman, presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba,  Luciana Saito Massa, presidente do Conselho da Superintendência de Ação Solidária do Estado do Paraná e Sueli Gulin Calabrese, vice-presidente do Conselho de Administração do Expresso Princesa dos Campos (Grupo Gulin).

Descoberta
Uma floresta de fósseis de árvores com cerca de 290 milhões de anos foi descoberta em Ortigueira, no Norte Pioneiro do Paraná. O achado foi publicado pela pesquisadora Thammy Mottin, doutoranda da Universidade Federal do estado (UFPR). A equipe identificou o grupo de mais de 150 licófitas, plantas quase completamente extintas, em pé, em posição de vida, perpendiculares às camadas de rocha.

Presidência do TSE
O ministro Alexandre de Moraes foi eleito para a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Atualmente, Alexandre de Moraes ocupa o cargo de vice-presidente. Em agosto, com a saída de Edson Fachin, atual presidente, Moraes passará a presidir a Corte Eleitoral e comandará a organização das eleições de outubro. O novo vice-presidente será o ministro Ricardo Lewandowski.

Fundo eleitoral
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta quarta-feira a fatia que cada partido vai receber na distribuição dos R$ 4,96 bilhões do fundo eleitoral para a eleição de 2022. Essa verba é a principal aposta dos partidos para bancar as campanhas dos presidenciáveis, que devem custar muito mais caro do que na eleição de 2018 – naquele ano, o fundo eleitoral foi de 1,7 bilhão de reais.

Recurso por partido
O União Brasil, resultado da fusão do DEM com o PSL e que tem o deputado federal Luciano Bivar como candidato à Presidência da República, vai ficar com a maior fatia, de 782 milhões de reais. O PT, que disputará com a candidatura do ex-presidente Lula, terá 503 milhões de reais, e o MDB, cuja presidenciável é a senadora Simone Tebet, terá 363 milhões de reais. PSD, com 349 milhões de reais, e PP, com 344 milhões de reais.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Associação dos Diários do Interior – PR

A coluna “Pelo Paraná” é de responsabilidade da ADI-PR (Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná) Veja mais mais conteúdo do autor.

-->