Fábrica de multinacional japonesa cria 200 empregos no Paraguai

Subsidiária paraguaia da Hagihara Industries produzirá, em Ciudad del Este, fibras sintéticas para reforço de estruturas de concreto.

Apoie! Siga-nos no Google News

Com investimento estimado em US$ 3 milhões (R$ 15,3 milhões), a multinacional japonesa Hagihara Industries está prestes a iniciar a produção de fibras sintéticas para reforço de estruturas de concreto em sua filial no Paraguai, localizada em Ciudad del Este, a 12 quilômetros da Ponte da Amizade.

Leia também:
Fábrica inaugurada no Paraguai irá gerar 2,6 mil empregos diretos e indiretos

A previsão é que as primeiras entregas comecem no mês de abril, com foco no mercado brasileiro e no atendimento à demanda local. De acordo com o Ministério da Indústria e Comércio (MIC) do Paraguai, a empresa está gerando cerca de 200 empregos diretos, para os quais houve um processo prévio de capacitação.

Encontro entre representantes da empresa e do ministério. Imagem: Gentileza/Ministra da Indústria e Comércio do Paraguai
Encontro entre representantes da empresa e do ministério. Imagem: Gentileza/Ministra da Indústria e Comércio do Paraguai

Fundada em 1962, a Hagihara Industries Inc. atua em diversas áreas ligadas ao setor de construção. Além do Japão e do Paraguai, a empresa está presente no Brasil (com uma fábrica em Valinhos, interior de São Paulo), Chile, Peru, México, Austrália, Indonésia, Cingapura, Tailândia, China, Irlanda, Estados Unidos e Canadá.

Em boletim distribuído à imprensa, a companhia informa que produzirá, em Ciudad del Este, o material conhecido como BarChip, um tipo de fibra sintética estrutural utilizada para reforçar estruturas de concreto. A capacidade de fabricação será de 1,2 mil toneladas por ano, destinadas ao Brasil e aos demais países do Mercosul.

Entre os motivos para a escolha do Paraguai, segundo a empresa, destaque para a localização do país, com fácil acesso aos principais mercados da região; o ambiente econômico, considerado favorável para a ampliação de negócios; e a disponibilidade de insumos como a energia elétrica, produzida pelas binacionais Itaipu e Yacyretá.

LEIA TAMBÉM
3 Comentários
  1. […] Leia também:Fábrica de multinacional japonesa cria 200 empregos no Paraguai […]

  2. […] Leia também:Fábrica de multinacional japonesa cria 200 empregos no Paraguai […]

  3. […] Leia também:Fábrica de multinacional japonesa cria 200 empregos em Ciudad del Este […]

Comentários estão fechados.