Lado argentino das Cataratas teve 1,5 milhão de visitas em 2023

Crescimento em relação a 2022 foi de 3,6%; julho se mostrou o mês mais concorrido no atrativo, com quase 200 mil visitantes.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Parque Nacional Iguazú, em Puerto Iguazú, lado argentino das Cataratas, fechou 2023 com 1.508.776 visitantes, melhor movimento anual desde a pandemia do novo coronavírus. O crescimento na comparação com o ano anterior foi de 3,6%.

Leia também:
Parque Nacional do Iguaçu fecha 2023 com mais de 1,8 milhão de visitantes
Cataratas: Argentina conclui verificação dos estragos em passarela

Em 2022, o parque argentino recebeu 1.455.641 turistas e moradores locais. Já o recorde de movimentação foi registrado em 2019, quando 1.635.237 argentinos e estrangeiros percorreram as trilhas da margem esquerda do Rio Iguaçu.

Quanto à distribuição por meses em 2023, o período com maior circulação de visitantes foi julho, com 196.960 acessos ao lado argentino das quedas, seguido por janeiro, com 155.829. Dezembro, por sua vez, terminou com 84.693 visitas.



Durante parte do ano, a passarela que leva ao mirante da Garganta do Diabo ficou fechada devido aos impactos das cheias. Desde o final de outubro, precisamente, o acesso ao público permanece interditado, ainda sem previsão de data para liberação.

As duas outras trilhas panorâmicas (Circuito Superior e Circuito Inferior), bem como as opções de caminhadas na mata e os passeios de barco no Rio Iguaçu, estão habilitados. As informações atualizadas estão disponíveis no endereço www.iguazuargentina.com.

Primeiros visitantes

Uma família da cidade fronteiriça argentina de Andresito foi a primeira a visitar o Parque Nacional Iguazú em 2024, conforme registro da administração da unidade e da concessionária Iguazú Argentina.

Luis Delima, Verónica Ventura, Samanta Delima, Miguel Delima e Ismael Delima foram recebidos com festa no parque às 8h de segunda-feira (1.º), ganhando brindes e cortesias das empresas que atuam no local.

LEIA TAMBÉM