Lula e rei da Espanha confirmam visita ao Paraguai em agosto

Mandatários internacionais irão ao país para prestigiar a posse do presidente eleito, Santiago Peña, marcada para o dia 15.

Apoie! Siga-nos no Google News

No próximo dia 15 de agosto, a capital do Paraguai, Assunção, será visitada por chefes de estado e de governo de países da América do Sul, Caribe, Europa e Ásia. O motivo é a cerimônia de posse do presidente eleito do país, Santiago Peña (Partido Colorado), que receberá o cargo das mãos de seu antecessor, Mario Abdo Benítez.

Leia também:
Mario Abdo Benítez e Santiago Peña iniciam transição no Paraguai

De acordo com o jornal Última Hora, que cita o coordenador da Comissão de Posse, José María González Ávila, todos os presidentes do Mercosul já confirmaram presença no ato: Luiz Inácio Lula da Silva (Brasil), que detém a presidência semestral do bloco, Alberto Fernández (Argentina) e Luis Alberto Lacalle Pou (Uruguai).

Já estão confirmadas, também, as participações de Guillermo Lasso (Equador) e do primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas, Ralph Gonsalves. Da Ásia, chegará o vice-presidente de Taiwan, William Lai. Da Europa, a visita já anunciada é a do rei da Espanha, Felipe VI.

A cerimônia ocorrerá na esplanada do Palácio de López, sede da Presidência do Paraguai, de frente para a baía de Assunção. O cronograma do dia 15 inclui, além do ato solene, apresentações artísticas e desfile cívico-militar, que serão prestigiados pelos representantes estrangeiros.

Eleito no mês de abril, com 42,75% dos votos (não há segundo turno no Paraguai), Santiago Peña é economista e tem 44 anos. Antes de vencer a disputa presidencial, ele exerceu cargos na diretoria do Banco Central e foi ministro da Fazenda no governo de Horacio Cartes (2013–2018), ex-presidente que apadrinhou sua entrada na política.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.