Passarela no lado argentino será reaberta após cheia nas Cataratas

Mirante da Garganta do Diabo na última sexta-feira (3), durante o pico da cheia no rio. Imagem: Reprodução / Parques Nacionales (Twitter)

No lado brasileiro, menos exposto às águas, acesso ao mirante da Garganta do Diabo foi retomado ainda no sábado (4).

A passarela da Garganta do Diabo, principal atrativo do lado argentino das Cataratas do Iguaçu, deve ser reaberta entre a tarde desta segunda (6) e a manhã de terça-feira (7), tão logo sejam concluídos os trabalhos de reposicionamento das grades rebatíveis e verificação da estrutura. O acesso está interditado desde sexta (3), devido à cheia do rio fronteiriço.

Atualização: devido às chuvas das última horas, a nova previsão de reabertura é para a manhã de quarta-feira (8).

O pico da vazão no Iguaçu foi registrado entre as 13h e as 15h de sexta, com 10,5 mil metros cúbicos por segundo (m³/s), conforme medição efetuada pela Companhia Paranaense de Energia (Copel) nas imediações do Hotel das Cataratas. Tal volume equivale a cerca de sete vezes o volume habitual nas quedas d’água.

Desde a tarde de domingo (5), o fluxo passou a oscilar entre quatro mil e cinco mil metros cúbicos por segundo, com a concessionária Iguazú Argentina, responsável pela estrutura turística no Parque Nacional Iguazú, dando início às análises de segurança para reabrir as áreas interditadas. Às 11h desta segunda, a vazão estava em 5.020m³/s, com tendência de redução.

Gráfico: Companhia Paranaense de Energia (Copel)

No lado brasileiro das Cataratas, o único trecho de passarela sobre as águas, próximo à Garganta do Diabo, também teve o acesso suspenso na sexta, mas foi reaberto no dia seguinte. O motivo da demora no lado argentino deve-se à exposição maior das passarelas, o que pode ser visto nos vídeos abaixo, feitos na sexta.

Visitar as Cataratas do Iguaçu impressiona em qualquer época do ano, com a paisagem mostrando diferentes nuances em períodos de vazão normal, cheia ou estiagem. As experiências no lado brasileiro e no lado argentino são complementares, com o H2FOZ estimulando os leitores para que conheçam os dois parques.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.

-->