Pavilhão Oncológico será ampliado em hospital de Ciudad del Este

Campanha solidária promovida pela associação de pacientes arrecadou recursos para melhorar a estrutura do espaço.

Apoie! Siga-nos no Google News

A Associação de Pacientes Oncológicos do Hospital Regional de Ciudad del Este anunciou, para a próxima segunda-feira (12), o início das obras de reforma e ampliação do Pavilhão Oncológico do principal hospital público do lado paraguaio da fronteira.

Leia também:
Com R$ 1,3 bilhão, Itaipu banca obras e cirurgias em Foz do Iguaçu

O investimento, que será custeado com doações, recursos obtidos com eventos e patrocínio de empresas locais, consistirá na construção de uma sala de espera para os pacientes, que hoje precisam aguardar do lado de fora até a hora do atendimento.

“Com grande emoção e compromisso, a comissão-diretora da Associação de Pacientes Oncológicos do Hospital Regional de Ciudad del Este, em colaboração com a Construtora Santa Mónica, anuncia a pedra fundamental”, comunicou Leonarda Arévalos, presidente da entidade, em contato com o jornal La Nación.

O custo aproximado das intervenções, que incluem reforma em parte da estrutura interna, é de G$ 192 milhões (cerca de R$ 130 mil).

O Pavilhão Oncológico foi inteiramente construído com doações, com o Ministério da Saúde Pública estando encarregado da parte operacional, por meio da disponibilização de profissionais de saúde, equipamentos e insumos para o tratamento dos pacientes.

Anteriormente, pessoas com câncer no lado paraguaio da fronteira precisavam recorrer a hospitais privados, cruzar a fronteira em direção ao Brasil ou buscar atendimento na rede pública na capital paraguaia, Assunção.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.