Conheça as tradições da celebração de Natal no Paraguai

Papai Noel é figura recente nas comemorações no país; presentes para as crianças são entregues em janeiro, no Dia de Reis.

Apoie! Siga-nos no Google News

O motivo da festa é o mesmo entre cristãos de todas as partes do globo, mas cada cultura tem seu jeito de celebrar. No Paraguai, a época de Natal está ligada às reuniões familiares e ao hábito de montar presépios artesanais.

Leia também:
Feirinha da JK é opção à noite na véspera e no Natal em Foz do Iguaçu

A figura do Papai Noel é recente, tendo sido popularizada, na segunda metade do século 20, por anúncios publicitários e produções estrangeiras, como filmes e novelas. A data tradicional para presentear as crianças segue sendo o Dia de Reis, em 6 de janeiro.

Uma das características mais antigas do Natal no Paraguai, que está perdendo força nas grandes cidades, é a montagem de presépios artesanais nas residências.

O presépio paraguaio é formado, geralmente, por um rancho de madeira com telhado de palha, sob o qual repousam Maria, José e o menino Jesus, acompanhados pelos Reis Magos e por animais do cotidiano rural, como galinhas e vacas. A flor de coco é um dos adornos mais presentes na decoração.

Decoração natalina no Palácio de López, em Assunção. Foto: Gentileza/Presidência do Paraguai
Decoração natalina no Palácio de López, em Assunção. Foto: Gentileza/Presidência do Paraguai

Alguns presépios têm vários metros, sendo montados no quintal, próximos à rua, para que toda a vizinhança possa visitá-los. Já outros são menores, para áreas internas, ocupando o espaço central de cada residência.

Feira de presépios em Areguá, em reportagem do canal SNT.

A principal reunião familiar ocorre na véspera de Natal, com a ceia da nochebuena (noite feliz). O cardápio varia conforme a família e o ambiente (rural ou urbano), mas costuma incluir pratos tradicionais, como a chipa e a sopa paraguaia.

Devido ao calor de dezembro, o cardápio de frutas é farto, com destaque para mangas, laranjas e uvas. Algumas das sobremesas mais comuns são as saladas de frutas, doce de abóbora e arroz doce. Entre as bebidas, destaque para o clericó (coquetel frutado, com baixo teor alcoólico) e para a sidra.

No âmbito religioso, a Missa do Galo, na noite de 24/12, é a celebração mais popular, havendo ainda a Missa da Vigília (tarde de 24/12), a Missa da Aurora (início da manhã de 25/12) e a Missa do Dia (após o nascer do sol em 25/12).

Nas pequenas cidades da Região Leste do país, onde é forte a presença de agricultores de origem brasileira, as tradições natalinas costumam ser similares às do Sul do Brasil. Já no Chaco, nas colônias menonitas, os ritos seguem tradições europeias dos séculos 16 e 17.

LEIA TAMBÉM