Turismo de Puerto Iguazú celebra bons números do mês de julho

Principal atrativo do lado argentino, Parque Nacional Iguazú recebeu 188.498 visitantes, total similar ao pré-pandemia.

Apoie! Siga-nos no Google News

Principal atrativo do lado argentino, Parque Nacional Iguazú recebeu 188.498 visitantes, volume similar ao pré-pandemia.

Empresários e trabalhadores do setor turístico de Puerto Iguazú estão comemorando os bons números registrados pela atividade em julho, que teve o maior movimento na cidade desde o início de 2022. Somente o Parque Nacional Iguazú, principal atrativo do lado argentino da fronteira, recebeu 188.498 visitantes no somatório dos 31 dias do mês.

A cifra é similar à do mesmo período de 2019 (último ano antes da pandemia) e muito próxima do recorde mensal de 197.417 visitas batido pelo parque em janeiro de 2020. Entretanto, o turismo internacional ainda segue longe da recuperação, com apenas 8% de ingressos vendidos para estrangeiros em julho de 2022.

Quanto à hotelaria, dados do Iguazú Turismo Ente Municipal (Iturem) apontam que a ocupação fechou o mês em 92% nos estabelecimentos da cidade, com pouca variação entre as categorias. A permanência média dos hóspedes foi de 3,6 noites, gerando receita de P$ 1,7 bilhão (R$ 38,3 milhões na cotação praticada na fronteira).

Na província de Misiones como um todo, estatísticas difundidas pela pasta local do Turismo revelam que 92% dos turistas vieram da própria Argentina, 7% dos países vizinhos e 1% de outras partes do globo. A província de Buenos Aires foi a maior emissora, com 30% dos viajantes, seguida por Santa Fe (13%) e Córdoba (10%).

O automóvel particular foi o meio de transporte escolhido por 85% dos turistas que visitaram Misiones, com 8% viajando em ônibus, 5% no transporte aéreo e 2% em motorhomes. Hotéis foram a forma de hospedagem mais escolhida (39%), com cabanas e chalés (25%) na segunda colocação e casas de amigos e familiares (12%) fechando o pódio.

Um dado chamativo é que 41% dos viajantes que participaram da pesquisa do Ministério do Turismo de Misiones disseram que não fizeram reserva prévia. Entre os que planejaram, 47% montaram os preparativos entre uma semana e um mês antes, 23% com menos de uma semana e somente 15% com mais de um mês de antecedência.

Para os próximos dias, é aguardada a chegada do visitante de número 1.000.000 no Parque Nacional Iguazú Argentina desde o início de 2022. Em 2019, ano de melhor movimento turístico no atrativo, a marca foi alcançada no dia 9 de agosto.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.