Via de acesso à Ponte da Integração será duplicada no Paraguai

Segundo o Ministério de Obras Públicas e Comunicações (MOPC), vencedora da licitação poderá ser escolhida ainda em agosto.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Ministério de Obras Públicas e Comunicações (MOPC) do Paraguai espera concluir, até o final de agosto, a licitação para a escolha da empresa que fará a duplicação da Avenida Monday, em Presidente Franco, na região de acesso à Ponte da Integração.

Leia também:
Presidente do Paraguai visita obras de acesso à Ponte da Integração

Com orçamento de G$ 75 bilhões (cerca de R$ 54 milhões), o projeto prevê a ampliação das pistas no trecho entre o estádio do Cerro Porteño de Presidente Franco e a ligação com o município de Los Cedrales, ao sul da fronteira trinacional.

A obra vinha sendo reivindicada pela população de Presidente Franco, em razão do aumento previsto no trânsito de veículos a partir da abertura da nova ponte com o Brasil, cuja data ainda não foi definida pelos governos dos dois países.

Uma vez selecionada a empresa ou consórcio responsável pelos trabalhos e assinado o contrato, o prazo de execução será pelo período de 24 meses.

Corredor Metropolitano

Em paralelo, continuam em andamento as obras do anel viário do Corredor Metropolitano del Este (CME), complexo viário com mais de 30 quilômetros de rodovias, que interligará a Ponte da Integração à malha de estradas do Paraguai.

A previsão de entrega completa do CME é para o final do último trimestre de 2025, embora os trechos mais próximos à ponte já estejam praticamente concluídos, com expectativa de entrega oficial dos lotes iniciais até o próximo mês de novembro.

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.