Encerramento da projeção do Natal de Luzes terá mensagem de esperança nas vozes do Coral de Itaipu

A antevéspera de Natal, na quarta-feira (23), trará uma surpresa a quem for conferir o último dia da projeção mapeada do Natal de Luzes da Itaipu, na Catedral Nossa Senhora de Guadalupe da Vila A. Das 20h às 22h30, o público poderá ver a exibição de um vídeo inédito e emocionante, uma mensagem de esperança executada pelas “vozes de Itaipu”.

O clipe “Vou te contar”, que será lançado nesta data, vai ser intercalado com as projeções mapeadas mostradas desde o dia 5 de dezembro. A música também poderá ser ouvida na estação do circuito drive-thru (FM 96,3).

A canção, de autoria do compositor Gilmar Henrique Andersen, empregado da Divisão de Gestão da Comunicação Social de Itaipu, traz um recado importante em tempos de covid-19 e que reflete o desejo de todo o mundo para o ano que se aproxima – de saúde, superação e paz.

Assim como a escuridão da noite cede ao raiar do Sol, a crise de saúde pública causada pelo novo coronavírus, a mais grave em um século, também vai ser superada – como foram tantas outras na história. “O Amor não vai falhar, não vai! E o Sol outra vez brilhará”.

Para o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, o vídeo do Coral de Itaipu e parceiros traduz em voz a esperança e a celebração tão bem representados pelo espírito de Natal. “Uma mensagem de amor e fé que devemos reforçar a cada dia. Que nossa gente possa desfrutar desse momento tão especial com o presente preparado com muito carinho pelos colegas de Itaipu“, reforça.

A gravação do vídeo foi feita separadamente com cada um dos integrantes do Coral de Itaipu. Foto Captura de tela

A composição foi executada pelo grupo Camerata, de Foz do Iguaçu, com as vozes do Coral da Itaipu e de integrantes do Coral do PIIT – o Programa de Iniciação e Incentivo ao Trabalho da empresa. Cada coralista cantou isoladamente, respeitando o distanciamento social e os cuidados sanitários que o momento exige. Foram vários dias de gravação até que todo o material estivesse pronto para mixagem e edição de vídeo.

O resultado desse trabalho também poderá ser conferido nas páginas das mídias sociais de Itaipu (Facebook, Instagram, Youtube e Twitter) a partir do dia 23.

“Espero que essa mensagem alcance as pessoas. Não podemos relaxar, temos que tratar de ficar bem, porque essa crise [a pandemia] vai passar, como outras crises passaram”, reforçou Gilmar, que também fez o arranjo da música, tocou violão e cantou no clipe. Músico autodidata, há oito anos ele trabalha na empresa e integra o Coral de Itaipu.

LUZES E DECORAÇÃO ATÉ 5 DE JANEIRO

O Natal de Luzes da Itaipu começou no dia 5 de dezembro, realizado pela primeira vez na área da catedral da Vila A, em virtude da reforma do Gramadão. Também foi a primeira vez que uma projeção mapeada (por meio da técnica de video mapping) integrou a programação natalina da cidade.

Para garantir a segurança sanitária, foi montado um circuito drive-thru para os visitantes. Cerca de 500 veículos passaram diariamente pelo local. Quem comparece a pé deve evitar qualquer tipo de aglomeração e seguir rigorosamente as normas de distanciamento social (mínimo de 1,5 metro de distância), uso de máscaras (cobrindo boca e nariz) e higienização das mãos.

A visitação é gratuita, mas quem puder contribuir pode doar alimentos não perecíveis que serão repassados às instituições de Foz do Iguaçu.

A letra da canção de esperança

Vou te contar

Vou te contar, crises que o mundo sempre enfrentou
Cada uma dessas passou, passou…
Essa também passará.
O Amor não falhará.

A escuridão da noite cede ao clarão
da alvorada ao raiar do Sol no horizonte, nos montes, no mar…
É bem assim, você distante de mim, mas quando eu puder te encontrar
O Sol novamente brilhará.

Vou te contar, crises que o mundo sempre enfrentou
Cada uma dessas passou, passou…
Essa também passará.
O Amor não vai falhar, não vai!
E o Sol outra vez brilhará.

Pedras, quedas, corte…
Siga e se mantenha forte,
Vai cicatrizar…
Noite, treva avança,
Mas, ao despertar a criança
o Amor vibrará
E o Sol raiará.

E a escuridão da noite cede ao clarão
da alvorada ao raiar do Sol no horizonte, nos montes, no mar…
É bem assim, você distante de mim, mas quando eu puder te encontrar
O Sol novamente brilhará.

Vou te contar, crises que o mundo sempre enfrentou
Cada uma dessas passou, passou…
Essa também passará.
O Amor não vai falhar, não vai!
E o Sol outra vez brilhará.

Pedras, quedas, corte…
Siga e se mantenha forte,
Vai cicatrizar…
Noite, treva avança,
Mas, ao despertar a criança
o Amor vibrará
E o Sol raiará.

Vou te contar, crises que o mundo sempre enfrentou
Cada uma dessas passou, passou…
Essa também passará.
O Amor não vai falhar, não vai!
E o Sol outra vez brilhará.

(Autor: Gilmar Henrique Andersen)

Imagem feita durante teste, no domingo (20). Foto Rebecca Montanheiro

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.