Iguaçuense embarca para jornada de 800 quilômetros a pé

Defensor da prática de caminhadas em contato com a natureza para combater a ansiedade e depressão, Alfredo Taranto está prestes a iniciar o mítico Caminho de Santiago.

Apoie! Siga-nos no Google News

Por: Assessoria

Na próxima sexta-feira (19), o coronel da reserva do Exército e ex-superintendente de Segurança Empresarial da Itaipu, Alfredo Taranto, deixará Foz do Iguaçu com destino a Madri, capital espanhola, para enfrentar um desafio que já bate à porta. Aos 57 anos, ele percorrerá a pé uma viagem milenar e repleta de significados: o Caminho de Santiago de Compostela, na França e Espanha.

Taranto vem se preparando para a jornada desde agosto do ano passado, quando iniciou um intenso treinamento físico e mental. Foram muitas caminhadas carregando uma mochila pesada, treinamentos de musculação e natação e dieta controlada.

Ele chegará a Madri no sábado (20) e em seguida se deslocará para Saint Jean Pied De Port, cidade francesa localizada junto à cordilheira dos Pirineus, na fronteira com a Espanha e ponto de partida do Caminho Francês – o mais tradicional dos diferentes trajetos do Caminho de Santiago. Todos conduzem ao mesmo destino, a cidade de Santiago de Compostela, na Espanha.

Na próxima segunda-feira (22) ele começará a peregrinação. Pela frente, uma caminhada de pouco mais de 800 quilômetros, planejada para cumprir em 33 dias, percorrendo uma média de 25 quilômetros diários.

Sonho antigo

Considerado Patrimônio Mundial da Humanidade, o Caminho de Santiago é uma das peregrinações mais conhecidas do planeta. Há mais de mil anos pessoas de todo o mundo se aventuram na jornada de veneração às relíquias do apóstolo Tiago, posteriormente conhecido como Santiago, depositadas na Catedral de Santiago de Compostela, ponto de chegada da romaria.

Com o tempo, os motivos e significados simbólicos da caminhada tornaram-se múltiplos e variados – mas sempre eminentemente pessoais. Há diversas interpretações e desafios: físico, mental, emocional, religioso, existencial e místico – entre outros. “Mas todos fazem sentido para mim”, afirma Taranto.

Para ele, o Caminho de Santiago é um sonho antigo, fortalecido quando morou na Espanha, de 2014 a 2016 – um pouco antes de entrar na Itaipu. Foi quando conheceu a cidade de Santiago de Compostela e testemunhou a emoção dos aventureiros que terminavam suas sagas.

Caminhada em grupo como preparação para o mítico trajeto – foto: arquivo pessoal


“Mas ainda não havia chegado o meu momento”, recorda. Ele vê o Caminho como uma espécie de “chamado”, que veio forte quando concluiu sua carreira profissional no Exército e, depois, na Itaipu, no ano passado. “Precisava me motivar, ter uma meta a curto prazo, pensar na vida e fazer uma transição profissional e pessoal.”

O peregrino tem utilizado o seu perfil no Instagram (@alfredostaranto) para mostrar todas as etapas de sua preparação e incentivar a prática da atividade física como um remédio natural contra a ansiedade e depressão. “Longas caminhadas liberam serotonina, substância que regula o humor, sono e apetite”, destaca. “Quando a atividade é feita em contato com a natureza, a quantidade de serotonina no cérebro aumenta muito e contribui com a redução de ansiedade e depressão, males do Século 21”, diz.

Caminhada em grupo

Foi por meio das respostas às postagens no seu perfil no Instagram que Taranto resolveu convidar algumas pessoas a acompanharem um de seus treinos. Na manhã de 23 de março, quase 20 pessoas estiveram ao seu lado por 13 quilômetros em estradas rurais entre Santa Terezinha de Itaipu e Foz do Iguaçu.

A caminhada em grupo foi uma oportunidade para rever amigos, incentivar a prática da atividade física em contato com a natureza, confraternizar e conversar sobre a aventura que está prestes a iniciar – sem deixar de lado a preparação para o mítico trajeto.

Preparação mental

Segundo Taranto, o preparo mental é até mais importante que o físico em um desafio como esse. “Você tem que se preparar para uma jornada longa, incerta, em um país diferente, saindo da zona de conforto, o que exige força mental, pois é a mente que comanda o corpo, inclusive nas sensações de cansaço ou desânimo”, diz.

O morador de Foz do Iguaçu convida para acompanhá-lo na jornada pelo Instagram – foto: arquivo pessoal


“A preparação física ideal é muito mais fácil de se alcançar, inclusive para sedentários, do que a preparação mental. Às vezes, um excelente atleta não conclui uma jornada como essa por não estar preparado mentalmente para os obstáculos que irão surgir”, pontua.

Acompanhe o caminhante

Taranto convida quem quiser acompanhar a sua jornada no Caminho de Santiago pelo seu perfil no Instagram (@alfredostaranto).

Quem quiser saber mais sobre o Caminho de Santiago encontra informações no site criado pela Associação Internacional dos Amigos e Peregrinos dos Caminhos de Santiago – Brasil, que Taranto ajuda a divulgar: amigosdocaminhodesantiago.com.br.

Perfil

Taranto trabalhou por 35 anos no Exército até ser convidado para assumir o cargo de superintendente de Segurança Empresarial da Itaipu, em 2019. Trabalhou na binacional até 2023 e permaneceu morando em Foz do Iguaçu.

Antes, morou e trabalhou em quase todas as regiões do Brasil, comandando diversos agrupamentos militares. Também foi coordenador de Eventos e Viagens Presidenciais de 2011 a 2014, período no qual colaborou com a organização de 124 eventos com a presença da presidente Dilma Rousseff no Brasil e 11 no exterior. Também foi adido de Defesa e Militar do Brasil na Espanha e staff da ONU na Missão no Haiti – entre outros.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.