Na COP 28, Itaipu defende fontes renováveis de energia

Diretor-brasileiro da binacional, Enio Verri, falou sobre as ações de recuperação ambiental desenvolvidas por Brasil e Paraguai.

Apoie! Siga-nos no Google News

O diretor-geral brasileiro de Itaipu, Enio Verri, participou, na tarde de sábado (2), de um dos painéis da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (Cop 28), que acontece em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Leia também:
Itaipu participa da COP 28 nos Emirados Árabes Unidos

Verri reforçou o compromisso da empresa no cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU), e defendeu o uso de fontes renováveis para a obtenção de energia, como a água.

O diretor falou sobre os programas de recuperação ambiental desenvolvidos pela binacional no Brasil e no Paraguai e frisou que Itaipu depende da preservação do meio ambiente para continuar a produzir eletricidade.

“No nosso caso, sem água não há energia. Portanto, cuidar da água é investir em energia. A Itaipu assumiu as responsabilidades social e ambiental no seu planejamento estratégico e, há mais de 15 anos, promove mudanças substanciais nos territórios em que está inserida”, disse Verri, citado pela assessoria.

O diretor enfatizou que, para preservar o meio ambiente, é fundamental cuidar das pessoas, enfrentando desafios como a pobreza e a fome.

O painel também teve a participação da ex-funcionária de Itaipu, socióloga e esposa do presidente Lula, Janja da Silva; do chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Márcio Macêdo; do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira; e do embaixador André Corrêa do Lago. O debate foi mediado pela cofundadora e presidente do Instituto Igarapé, Ilona Szabó de Carvalho.

Binacional está representada por seus dois diretores-gerais, Enio Verri (Brasil) e Justo Zacarías Irún (Paraguai). Foto: Gentileza/Itaipu Binacional (Paraguai)
Binacional está representada por seus dois diretores-gerais, Enio Verri (Brasil) e Justo Zacarías Irún (Paraguai). Foto: Gentileza/Itaipu Binacional (Paraguai)

Entidades

Ainda na agenda de sábado (2), Itaipu Binacional, por meio de seus dois diretores-gerais, Enio Verri (brasileiro) e Justo Zacarías Irún (paraguaio), participou de reuniões com duas importantes entidades globais.

Pela manhã, o encontro foi com a The International Hydropower Association (IHA), que reúne instituições do setor hidrelétrico; já à tarde, a reunião foi com representantes do Departamento das Nações Unidas para Assuntos Econômicos e Sociais (Undesa).

Ambos os compromissos, segundo Itaipu, serviram para tratar da retomada de parcerias e novas ações que possam ser feitas em conjunto entre as entidades e a binacional.

LEIA TAMBÉM