Veja a previsão para o verão em Foz do Iguaçu e região

Segundo o Simepar, influência do El Niño será sentida de maneira forte, com ondas intensas de calor e chuvas.

Apoie! Siga-nos no Google News

O verão começou, de forma oficial, à 0h27 desta sexta-feira (22), com duração até 20 de março de 2024. De acordo com o Sistema de Meteorologia do Paraná (Simepar), a estação será caracterizada pela forte influência do fenômeno El Niño, que aquece as águas do Oceano Pacífico e modifica o regime de ventos na América do Sul.

Leia também:
Simepar confirma: primavera foi mais quente e chuvosa em 2023
Vai chover? Veja a previsão para o Natal em Foz do Iguaçu

A previsão é de ondas intensas de calor e chuvas acima da média, o que potencializa a ocorrência de temporais, devido à formação de áreas de instabilidade sobre o Paraná e em partes do Paraguai e da Argentina.

“O aumento da temperatura da superfície do mar no Pacífico Central e Centro-Leste, acima de 1,5°C, gera condições propícias a chuvas volumosas e persistentes, ventanias e ondas de calor neste verão”, explica o meteorologista Reinaldo Kneib, do Simepar.



“Assim como observado na primavera, é provável que ocorram ondas de calor. Quando intenso e persistente, o calor poderá provocar desconforto térmico”, complementa Kneib, citado pela Agência Estadual de Notícias (AEN).

As temperaturas mais altas, tradicionalmente, ocorrem nas regiões Oeste, Sudoeste e Norte, bem como no litoral. A tabela abaixo mostra as médias históricas para janeiro, fevereiro e março no estado:

Médias históricas para o verão no Paraná. Gráfico: Simepar
Médias históricas para o verão no Paraná. Gráfico: Simepar

Por fatores como a baixa altitude, Foz do Iguaçu é uma das cidades mais quentes do Paraná. O uso constante de aparelhos de refrigeração torna, também, a Terra das Cataratas uma das campeãs em consumo de energia per capita.

Defesa Civil

Durante todo o verão, a ocorrência de eventos extremos será monitorada pela Defesa Civil do Paraná, que possui um serviço gratuito de alerta via SMS. O cidadão pode cadastrar o número de seu celular no site www.defesacivil.pr.gov.br.

LEIA TAMBÉM