Foz do Iguaçu quer vacinar de graça 40 mil cães e gatos contra a raiva

Aplicação acontece no CCZ e em mais seis pontos nas regiões do Morumbi, Portal da Foz e Cohapar III.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) iniciou a vacinação gratuita antirrábica de cães e gatos em Foz do Iguaçu, nesta segunda-feira, 23. O objetivo é aplicar 40 mil doses em pets durante a campanha.

A raiva é transmitida apenas entre mamíferos, incluindo o ser humano, pelo vírus presente na saliva do animal infectado. Entre os sintomas mais comuns estão salivação abundante, dificuldade para comer ou beber água, dificuldade para engolir – animal parece “engasgado” – e mudança de comportamento.

Os tutores dos bichinhos podem levá-los ao posto fixo, na sede do CCZ, que fica na Avenida Maceió, 1.511, no Jardim Ipê III. O atendimento acontece de segunda-feira a sábado, das 8h30 às 13h30.

Cães e gatos

Outra opção é comparecer com os cães e gatos a um dos seis pontos de vacinação na Região Leste da cidade, nos mesmos dias e horários, instalados nos seguintes locais:

  • Praça 7 de Setembro: Rua Tenente Eduardo Olmedo, no Morumbi;
  • Associação de Moradores do Cohapar III: Rua Pompeu de Toledo, 1.748;
  • Arena Multiuso Maradona: Rua Gralha, 24, Portal da Foz;
  • Praça de Esporte e Lazer Pedro Xiru: Rua Assunção, 331, Jardim Liberdade/Morumbi IV;
  • Praça Morumbi III: atrás da UBS Morumbi III, na Rua Urbano Caldeira, S/N; e
  • Paróquia Nossa Senhora da Saúde: Rua das Águias, 200, no Portal da Foz.

Orientação

Cães e gatos saudáveis podem receber a vacina contra a raiva a partir dos três meses de idade, informa a Agência Municipal de Notícias. Os tutores interessados em levar os animais para a vacinação devem observar as seguintes orientações:

  • apenas pessoas com condições de conter o animal, maiores de 18 anos, podem levá-lo para vacinar;
  • cães devem estar contidos por guias ou correntes apropriadas e, no caso dos bravos, também focinheira;
  • gatos devem permanecer em caixas de transporte apropriadas;
  • tutores devem carregar uma sacolinha plástica para recolher os dejetos do seu animal, caso seja necessário.

(Com informações da Agência Municipal de Notícias)

LEIA TAMBÉM