Ônibus que cruzou Ponte da Amizade levava R$ 170 mil em medicamentos

Carga era principalmente testosterona e anabolizantes, e totalizou 1.639 itens, conforme a Receita Federal.

Apoie! Siga-nos no Google News

Ao deslacrar um ônibus que cruzou a Ponte Internacional da Amizade, a Receita Federal do Brasil (RFB) encontrou R$ 170 mil em medicamentos. A carga reuniu 1.639 itens.

LEIA TAMBÉM: Moradores de Foz do Iguaçu são presos levando carga de remédios para Cascavel

Os produtos foram detectados no fundo falso de um coletivo procedente de Ponta Grossa, que entrou em Foz do Iguaçu vindo de Ciudad del Este, Paraguai, em 30 de março, e foi retido na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu.

Os medicamentos são, na maioria, testosterona e anabolizantes, de diversas marcas. “Alguns fardos eram somente comprimidos e outros injetáveis”, reportou a Receita Federal.

Medicamentos

Medicamentos proibidos como os encontrados podem causar danos sérios à saúde das pessoas, enfatizou a RFB. Por isso, sua comercialização e importação são regulamentadas e proibidas.

“A fiscalização rigorosa das fronteiras é fundamental para prevenir a entrada dessas substâncias no país”, disse a RFB. E, assim, “proteger a sociedade contra os danos associados ao seu uso indevido”, completou.

O proprietário ou o motorista do ônibus poderá ser indiciado em inquérito policial por transporte ilegal dos medicamentos. Se houver condenação, a pena de reclusão irá de 10 a 15 anos, conforme o Código Penal.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.