“Definição da tarifa de Itaipu está nos acréscimos”, diz presidente do Paraguai

Santiago Peña (Partido Colorado) participou, nessa terça-feira (30), de compromissos na região de Ciudad del Este.

Apoie! Siga-nos no Google News

Em visita a Ciudad del Este, nessa terça-feira (30), o presidente do Paraguai, Santiago Peña (Partido Colorado), respondeu às perguntas da imprensa a respeito das negociações com o Brasil sobre a tarifa da energia da usina binacional de Itaipu.

Leia também:
Entrada para o lado argentino das Cataratas custará quase R$ 200

“A tarifa, enquanto não for anunciada, não está definida. É como um jogo de futebol, só termina com o apito final”, comparou o mandatário paraguaio. “E creio que já estamos nos acréscimos.”

A indefinição quanto à tarifa da hidrelétrica para 2024 ocorre por visões divergentes entre os países. Ao Brasil, maior consumidor, convém reduzir o custo da energia. Já o Paraguai, que vende seus excedentes, pretende aumentar os ganhos.

A declaração de Peña é similar ao que afirmou ao H2FOZ, na semana passada, o diretor-geral brasileiro de Itaipu, Enio Verri. Em entrevista concedida ao portal e à Rádio Clube FM 100.9 (clique aqui para assistir), Verri disse que a solução estava a caminho.

“Creio que estamos muito próximos de uma solução”, afirmou. “Tenho reunião com o ministro de Minas e Energia em Brasília, nesta quarta-feira (24), onde parece-me que os dados estão se aproximando. Portanto, pode ser, vou repetir, pode ser que ainda em abril ou no início de maio tenhamos a nova tarifa.”

Santiago Peña esteve em Ciudad del Este para participar da inauguração da sede local da multinacional de call center Alorica, que está gerando, em sua primeira fase, 250 empregos diretos. O presidente também dialogou com representantes do empresariado.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.