Curta-metragem psicológico é gravado em Foz do Iguaçu

Brain, que trata da problemática da doença mental, tem como protagonista a atriz Maria Maya; empresas apoiam iniciativa, que vai projetar a cidade no cenário cinematográfico

Apoie! Siga-nos no Google News

A problemática da doença mental é tema do curta-metragem Brain, produção que está sendo gravada em Foz do Iguaçu. Dirigido, criado e produzido por uma equipe formada por mulheres, o curta tem cenas captadas no Marco das Três Fronteiras, Cataratas do Iguaçu, Avenida Paraná, Academia do Gresfi, entre outros pontos da cidade.

Com estética intimista, o curta é protagonizado pela atriz Maria Maya, com roteiro e direção de Ana Cavazzana, que tem no currículo mais de dez prêmios internacionais.

O filme retrata a história de uma moradora de Foz do Iguaçu que é personal trainer e atende clientes particulares em diferentes academias. Atormentada pela esquizofrenia, ela sai da realidade a partir de supostos ruídos insuportáveis perceptíveis no andar de cima do apartamento onde mora e começa a enclausurar-se em casa com medo de sair.

“A gente entra na mente dessa personagem e tenta entender o mundo dela”, diz Ana. Reconhecida por fazer trabalhos inclusivos e com foco em minorias e na comunidade LGBTQIAP+, a diretora frisa que atualmente poucos filmes abordam a doença mental. Para ela, quanto mais se mostram certas realidades como essa, mais as pessoas se sentem incluídas.

Equipe se movimenta no set. Foto: Marcos Labanca/H2Foz

Com cerca de 15 minutos de duração, o curta não apresenta diálogos, mas conta com muitas singularidades. Apesar das poucas imagens, o filme tem um figurino que conversa com a fotografia, que por sua vez dialoga com a trilha, realça Ana. A passagem de tempo no curta é feita por meio da fotografia e da figurante.

Projeção

A gravação de Brain projeta Foz do Iguaçu no cenário cinematográfico por reunir referências na área do audiovisual. A protagonista, a atriz Maria Maya, tem diversas participações em novelas globais, incluindo Senhora do Destino, na qual interpretou a sambista Regininha.

Maria revela que essa será sua primeira participação em uma produção de thriller psicológico. “Só mesmo a Ana Cavazzana, diretora com quem já trabalhei anteriormente, para confiar no meu trabalho e me dar uma oportunidade como esta. Estou muito feliz com o nosso reencontro neste projeto”, ressalta.

A atriz ainda menciona estar feliz por fazer parte de um projeto fora do eixo comercial das produções cinematográficas. Para ela, isso potencializa trocas entre profissionais da indústria cinematográfica e gera ainda mais visibilidade para Foz do Iguaçu.

O curta teve aporte da Lei Paulo Gustavo e tem produção assinada pela Multiplot Filmes, que também financia o projeto. A produção será levada a festivais nacionais e internacionais, projetando Foz do Iguaçu.

Além da atriz Maria Maya, o filme terá participação da dançarina iguaçuense Andréia de Lima, que atuará como figurante. A equipe também é integrada pela assistente de direção Alexia Araújo, a diretora de Arte, Soraia So, e a diretora de fotografia, Nicole Samperi.

Set de filmagem

Foz do Iguaçu foi escolhida para ser set do filme porque a produtora, Priscila Martz, que tem 26 anos de carreira e 97 prêmios no currículo, morou e conhece bem a cidade, que já tem representatividade em outras produções cinematográficas.

Parte das gravações foram feitas na Avenida Paraná. Foto: Marcos Labanca/H2Foz

A equipe também reúne outros talentos de Foz do Iguaçu. A pré-produção é coordenada pelo assistente de produção e locação Zepa Costa. O fotógrafo Rafael Bechlin atua como assistente de câmera, e as cenas com drone FPV, com captação de imagens no Marco das Três Fronteiras e nas Cataratas do Iguaçu, são feitas por Ramon Lourenço.

A diretora Ana Cavazzana salienta que a cidade foi bastante receptiva à produção, que teve apoio de 22 patrocinadores, da iniciativa pública e privada. Uma das empresas bancou, inclusive, uma prótese que será usada pela atriz Maria Maya.

Após finalizar o filme, Ana pretende voltar a Foz para ministrar workshops e cursos técnicos.

Veja a lista de apoiadores do curta:

Prefeitura de Foz do Iguaçu, Fundação Cultural, Secretaria de Turismo, H2FOZ, Construtora Pulcinelli, Class Odontologia, Estúdio Benevides, Marco das Três Fronteiras, Zanon Móveis, Lojas O Doidão, Marisol, Vanquish, Onix Personalize, Pilão Shop, Tiago Orlov, Gresfi Academia, Barracão Restaurante, Urbia+, Tarobá Hotel, Del Rey Quality Hotel, Templo Esportes, Beachbar, Trimuti Cabelos Foz e Andaimes RM.

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.