Operação na Ponte da Amizade faz ‘pente-fino’ em motos

Foram apreendidas 42 motocicletas e emitidas 92 infrações, em mais de 400 abordagens.

Apoie! Siga-nos no Google News

Operação de órgãos municipais, estaduais e federais fiscaliza motocicletas que passam pela aduana da Ponte Internacional da Amizade em Foz do Iguaçu. A ação na fronteira do Brasil com o Paraguai é a segunda integrada, reunindo força-tarefa.

LEIA TAMBÉM:
Polícia fecha depósito de pneu contrabandeado do Paraguai
Paraguai desmantela quadrilha binacional de traficantes

Um desvio foi estabelecido para direcionar todas as motos que ingressavam no país para uma rua marginal à rodovia, onde eram vistoriadas as selecionadas. O objetivo é verificar a regularidade dos veículos e possíveis adulterações ilegais, reportou a Polícia Federal (PF).

A força-tarefa também visa a identificar fundos falsos e transporte ilegal de mercadorias contrabandeadas, bem como produtos ilícitos, como drogas e armas. São examinados documentos com a finalidade de flagrar possíveis pessoas foragidas e com pendências judiciais.

Atuam na intervenção as polícias Rodoviária Federal, Militar e Federal, além da Guarda Municipal de Foz do Iguaçu e do Instituto de Transportes e Trânsito (Foztrans). A operação na Ponte da Amizade divulgou o seguinte resultado, até o momento:

  • 42 motos retidas;
  • 92 autos de infração emitidos;
  • 430 abordagens realizadas;
  • 1 pessoa presa por receptação e encaminhada para a Polícia Civil.

Trata-se da segunda operação integrada de fiscalização de veículos que ingressam no país pela Ponte da Amizade. Além das abordagens, as forças de segurança nas ruas contribuem para transmitir “maior sensação de segurança para a população e para os turistas que visitam a região nesta época de final de ano”, expôs a Polícia Federal.

LEIA TAMBÉM