PM deflagra operação que mira acidentes e crimes com motos em Foz do Iguaçu

Denominada Cavalo de Aço, ação é uma resposta aos registros recorrentes de sinistros e de ilícitos envolvendo motocicletas.

Apoie! Siga-nos no Google News

A partir da tarde desta sexta-feira, 15, a Polícia Militar desencadeia a operação Cavalo de Aço em Foz do Iguaçu. A ação é uma resposta aos registros recorrentes de sinistros e de ilícitos envolvendo motocicletas.

LEIA TAMBÉM:
Quatro carros e dois ônibus de linha são apreendidos com mercadoria contrabandeada
Operação Longínquo da Receita Federal apreende mercadorias avaliadas em R$ 1 milhão

Com o lançamento, na sede do 14.º Batalhão de Polícia Militar (BPM), são empreendidas ações.coordenadas realizadas em área de maior concentração de motos e também nos pontos considerados de risco, mapeados pelas forças de segurança.

A finalidade é “coibir comportamentos inadequados, reforçar a presença policial e garantir a ordem pública”, informou a assessoria do 14.º BPM. Entre as abordagens, estão previstos bloqueios com o apoio da Guarda Municipal e do Foztrans.

Haverá fiscalização de veículo e motocicletas, com ênfase naqueles que não estejam em condições de transitar e ofereçam risco no trânsito. E também nos meios de transporte individual que contrariem as leis.

Cavalo de Aço

No mês passado, órgãos de níveis municipal, estadual e federal realizaram a operação nas regiões de acesso à Ponte Internacional da Amizade e ao Parque Nacional do Iguaçu. Na Vila Portes, o alvo foram as condições e a documentação das motos que entravam no país.

Foram abordadas 221 motocicletas, com 56 autuações por infração de trânsito e 35 motos removidas por irregularidades, como problemas com pneus, falta de retrovisores e escapamento sem silenciador. O balanço é do Foztrans.

Já perto da entrada do parque, o objetivo foi vistoriar os serviços que envolvem o turismo, a fim de coibir o transporte irregular de visitantes, principalmente. Foram fiscalizados oito veículos, com sete autuações, reportou a autarquia municipal de trânsito.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.