Suspeito de homicídio em Foz do Iguaçu é preso em Curitiba

Conforme as investigações, homem teria participado da morte de Gabriele da Rosa, cujo corpo foi encontrado em uma mala.

Apoie! Siga-nos no Google News

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil em Foz do Iguaçu comunicou, na tarde dessa quinta-feira (4), que foi efetuada a prisão do segundo suspeito de envolvimento no assassinato de Gabriele da Rosa, de 26 anos, cujo corpo foi encontrado em uma mala, na região do Porto Belo, no último dia 18 de dezembro.

Leia também:
Corpo de mulher é encontrado dentro de mala em Foz do Iguaçu

O homem, de primeiro nome Otávio, contava com mandado de prisão em aberto. De acordo com a nota repassada à imprensa, o suspeito foi localizado na Rodoferroviária de Curitiba, no período da manhã, não oferecendo resistência à prisão.

Anteriormente, o enteado de Otávio, cujo nome não foi divulgado, já tinha sido preso pelo mesmo crime. Em depoimento, o rapaz disse que ele e o padrasto estavam fazendo o uso de entorpecentes e que a vítima teria sido esfaqueada após uma suposta discussão.



Gabriele desapareceu na noite de 13 de dezembro, após ter ido à residência de Otávio para um encontro. No dia seguinte, o homem pediu demissão do emprego, sem qualquer justificativa, e entregou as chaves do apartamento ao proprietário.

No interior do imóvel, os policiais identificaram o que seriam resquícios de sangue. Imagens de câmeras de segurança, datadas da noite de 14 de dezembro, revelaram Otávio arrastando uma mala pesada na região do Porto Belo, perto do terreno baldio onde o corpo foi encontrado no dia 18.

O caso é dado como solucionado pela equipe da Polícia Civil, que está apenas aguardando os últimos laudos e depoimentos para definir se o crime será tipificado como homicídio ou feminicídio.

LEIA TAMBÉM