“Apagão” na Ponte da Fraternidade preocupa Comtur, que exige providências imediatas

Entidade cobra as autoridades responsáveis pela regularização da situação, que coloca moradores e turistas em perigo.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Conselho Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu (Comtur) emitiu, nesta quinta-feira (18), uma nota à imprensa denunciando a persistente falta de iluminação na Ponte Tancredo Neves – também conhecida como Ponte de Fraternidade – na fronteira entre Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú, na Argentina.

Moradores de Foz do Iguaçu enfrentam “apagões” e temem queima de equipamentos

Segundo o comunicado, representantes de agências e guias de turismo alertam para os riscos no trânsito devido à falta de iluminação, agravada pela constante circulação de pessoas na região. A escuridão também aumenta a vulnerabilidade da área a crimes, gerando insegurança para quem frequenta o local.

O Comtur, que reúne 41 entidades representativas do setor de turismo, faz um apelo às autoridades responsáveis para que regularizem a situação o mais rapidamente possível, visando a evitar possíveis incidentes devido à falta de energia e, consequentemente, de segurança.



para que regularizem a situação o mais rapidamente possível, visando a evitar possíveis incidentes devido à falta de energia e, consequentemente, de segurança. A nota, assinada pelo presidente do Comtur, Paulo Angeli, destaca a necessidade de ações imediatas para preservar a integridade da população local e dos visitantes, assim como menciona as repetidas interrupções no fornecimento de energia em diversos bairros da cidade que vêm causando transtornos à população, especialmente em meio ao calor intenso do mês de janeiro em Foz do Iguaçu.

LEIA TAMBÉM
2 Comentários