Turismo internacional bate recorde histórico e injeta R$ 34 bi no país

Valor em 2023 supera quantia arrecadada no ano da Copa do Mundo realizada no Brasil; Argentina e EUA são principais emissores.

Apoie! Siga-nos no Google News

Turistas internacionais que visitaram o Brasil em 2023 deixaram valor recorde de US$ 6,9 bilhões – R$ 34,5 bilhões. A quantia é 1,5% maior do que a arrecadação com o turismo internacional em 2014, ano em que o país sediou a Copa do Mundo de futebol.

LEIA TAMBÉM:
Feriadão de carnaval movimentará o turismo em Foz do Iguaçu
Carnaval deve injetar R$ 2,5 bilhões no turismo do Paraná

O balanço foi divulgado nesta segunda-feira, 5, pela Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), a partir de dados do Banco Central. O acréscimo nessa modalidade turística cresceu 41%, ante 8,5% almejado na meta do Plano Nacional de Turismo.

O novo Plano Nacional de Turismo, aprovado no fim de janeiro pelo Conselho Nacional de Turismo, estima alcançar US$ 8,1 bilhões com visitantes estrangeiros no país até 2027. O governo federal comemorou os resultados do ano passado, que acabam de ser consolidados.



“Esse resultado histórico é fruto do trabalho realizado pelo governo Lula, que reconectou o Brasil com o mundo após quatro anos de isolamento internacional”, avaliou o presidente da Embratur, Marcelo Freixo. “Estamos muito orgulhosos e por poder fazer com que o turismo gere emprego, renda e melhore a vida dos brasileiros”, complementou.

O movimento de turistas estrangeiros em 2023 se equiparou ao do período pré-pandemia: foram aproximadamente seis milhões de visitantes. O patamar ficou 3% acima do estimado pela Organização Mundial do Turismo (OMT), informa o governo.

Turismo internacional

A gestão turística configurou o ranking de turistas por país, liderado pela Argentina. Os hermanos emitiram 1,9 milhão de visitantes (32%), isto é, um a cada três visitantes que ingressaram no país no ano passado. A lista segue com:

  • Estados Unidos, 668,5 mil (11%);
  • Chile, 458,5 mil (7,7%);
  • Paraguai, 424,5 mil (7,1%);
  • Uruguai, 334,7 mil (5,6%).

Europeus

A França é o principal país emissor da Europa e aparece na sexta posição, com 187,5 mil turistas (3,1%). É seguida de Portugal, com 158,5 mil (3%). Alemanha, com 158,5 mil (2,6%); Reino Unido, com 130,2 mil (2,2%); e Itália, com 129,4 mil (2,2%) completam o top 10.
(Com informações da Embratur)

LEIA TAMBÉM