Colunista social Das Graças deixa legado para Foz do Iguaçu

A extrovertida fotógrafa e colunista social, Maria das Graças Lopes de Farias, 77 anos se despediu desta vida na madrugada desta quarta-feira, dia 16. Das Graças, como era conhecida e admirada por uma legião de fãs em Foz do Iguaçu, faleceu após complicações em decorrência da cirurgia para extração de um câncer no pulmão. Das Graças estava internada desde o dia 22 de maio e após a cirurgia, a colunista foi sedada e permaneceu na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) até o falecimento, que ocorreu por volta das 05h da manhã de hoje.

O velório da colunista será feito amanhã, dia 17, a partir das 09 horas da manhã, no Cemitério Municipal do Jardim São Paulo e o sepultamento será às 16h30, no mesmo local. A capela vai oferecer todos os cuidados sanitários e controle do número de pessoa por período de visitação, durante as últimas homenagem, que serão feitas em vida, à mulher, mãe, amiga e profissional Das Graças.

Das Graças foi casada com Ary de Campos (falecido) e mãe de dois filhos: Onofre é o mais velho e vive nos Estados Unidos e o Marco Antônio, que também trabalha no segmento de comunicação e sempre esteve ao seu lado.

História – Maria das Graças começou sua carreira de fotógrafa por volta de 1965, na época dos monóculos, na cidade de Muriaé/MG, mas sua terra natal foi em Caratinga, na Zona da Mata Mineira.

O trabalho de fotógrafa acabou abrindo portas para o colunismo social e por conta disso escreveu em vários meios de comunicação, como foi o caso dos jornais Hoje Regional e Gazeta do Paraná de Cascavel/PR.

Já em Foz do Iguaçu ela escreveu para o jornal Primeira Hora, onde estreou o colunismo, a Voz da Fronteira, Gazeta do Iguaçu, jornal Primeira Linha, sempre em conjunto com o marido Ary de Campos. Nos últimos anos ela acompanhava o trabalho do filho, Marquinho, no Programa Foz em Destaque.

Cidadã honorária – Em 2013, Das Graças foi congratulada com título de cidadã honorária de Foz, em reconhecimento aos 30 anos de trabalho com fotografia e colunismo social na tríplice fronteira e pela sua atuação profissional, nos diversos momentos importantes da história da cidade.

Durante a trajetória da carreira profissional, Das Graças recebeu diversos prêmios. Confira:

  • Troféu Bola de Ouro (1990)
  • Medalha e diploma de Amiga da Marinha (1992)
  • Moção de Aplauso – Câmara Municipal de Foz do Iguaçu – (1992)
  • Prêmio Distinção Brasil “Gente do Ano” – Centro Cultural de Pesquisas e Estudos Sociais. (1995)
  • “Colunista Social do Ano” – Empresa Podium, de Cascavel/PR. (1996)
  • Diploma “Amigo do Clube” – Foz do Iguaçu Country Clube. (1997)
  • Troféu “The Best” – Colunista do Ano. (1998)
  • Diploma de “Grande Amigo da APACOS – Associação Paulista de Colunistas Sociais”. (1999)
  • Diploma de “Honra ao Mérito” – Durante o 12.º Congresso Brasileiro de Colunistas Sociais do Brasil – FEBRACOS. (2002)
  • Troféu “Mulher Destaque” – BPW – Associação Mulheres de Negócio de Foz. (2006)
  • Troféu “Top de Jornalismo Social” – Confraria de Eventos Elaine Caús. (2008)
  • Título de Cidadã Honorária de Foz do Iguaçu. (2013)
Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Assessoria

Este texto é de responsabilidade de assessoria da imprensa institucional e/ou empresarial. Veja mais conteúdo do autor.

Assessoria tem 657 posts e contando. Ver todos os posts de Assessoria

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.