Ademir Bier (PSD) assume a vaga na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Foto: crédito/assessoria

Blog pelo Paraná – Aulas presenciais, Compra de Vacinas e Resultado positivo

Suplente
Com a morte do deputado estadual Delegado Rubens Recalcatti, ocorrida na última sexta-feira(9), quem assume a vaga na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) é o ex-deputado Ademir Bier (PSD). Bier foi deputado estadual por quatro mandatos desde 1998 e 2017. Entre os cargos públicos, Bier também foi prefeito da cidade de Marechal Cândido Rondon, vice-presidente da Amop e diretor administrativo e financeiro da Ferroeste. Atualmente, é diretor de Obras da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar).

Novo Prefeito 
Doutor Marcondes (PL) venceu a eleição suplementar para prefeito de Munhoz de Mello, com 55,22% dos votos, realizada neste domingo, 11. Marcondes Araújo da Costa é médico e tem 39 anos. O vice-prefeito eleito é Bruno Deyvison Araujo (PL), de 34 anos.

Aulas presenciais
A Câmara Municipal de Curitiba vota, nesta terça (13), o veto parcial do prefeito Rafael Greca (DEM) ao projeto que estabelece a educação como uma atividade essencial na Capital. Greca sancionou a lei, mas vetou o parágrafo que proíbe a suspensão das aulas presenciais, mesmo durante situações de calamidade pública como a pandemia da Covid-19.

Não é o momento
“Não é o momento de reabrir as escolas”, diz o pediatra e sanitarista Daniel Becker. O especialista observa que há locais com sinais de melhora nos números da pandemia, mas afirma que seria necessário consolidação da queda de casos e mortes para mandar crianças para aula presencial.

Retorno imediato
A mais jovem congressista do Brasil, deputada federal Luísa Canziani, defendeu o retorno imediato das aulas presenciais em todos os níveis. “Lugar de aluno é dentro da sala de aula; escola tem que ser a primeira a abrir e a última a fechar”, assinalou,  alinhavando uma série de argumentos, como a necessidade de se prosseguir todo o processo pedagógico, sem romper com os cuidados sanitários impostos pela pandemia.

Novo Hospital
O prefeito Junior da Femac anunciou novo hospital em Apucarana. “O Hospital será implantado nas instalações do antigo Hospital São José, onde atualmente funciona a Autarquia Municipal de Saúde”, informou. Segundo ele, o projeto prevê a reforma e readequação total do prédio de quatro pavimentos, com área de 2.687 metros quadrados.

Compra de Vacinas
Seis deputados federais do Paraná se opuseram ao projeto de lei que permite a compra de vacinas contra a Covid por empresas. São eles: Aliel Machado (PSB)Enio Verri (PT), Gleisi Hoffmann (PT), Gustavo Fruet (PDT), Rubens Bueno (Cidadania) e Zeca Dirceu (PT).   Dos 30 integrantes da bancada, 25 se posicionaram a favor da ideia, alinhados com o governo de Jair Bolsonaro.  O projeto seguirá tramitando na Câmara.

Fase única
A Universidade Federal do Paraná ( UFPR) não descarta a possibilidade de mudar a dinâmica do vestibular para apresentar um processo seletivo em fase única.  o reitor da UFPR disse que a expectativa é realizar a seleção no mês de julho, já que o calendário acadêmico prevê o início do ano letivo de 2021 em setembro. Aproximadamente 30 mil candidatos tiveram as inscrições homologadas.

De olho no presidente
A ministra Damares Alves vem conversando com interlocutores do PTB, o partido também mira outros bolsonaristas, como a ala governista do PSL. Se Damares for mesmo para o partido de Roberto Jefferson, será um passo e tanto para a sigla que sonha em abrigar Jair Bolsonaro na campanha a mais um mandato no Planalto.

Na conta
Já está na conta a primeira parcela do Auxílio Emergencial é paga a 2,45 milhões de beneficiários. Os beneficiados são os nascidos em março que não integram o programa do Bolsa Família. Os valores estão disponíveis em conta poupança social da Caixa e será desbloqueado para saques e transferências no dia 10 de maio.  Ainda nesta semana serão pagos o auxílio aos nascidos em março e participantes do Bolsa Família e aos nascidos em abril, maio e os beneficiários do Bolsa Família com NIS final 1.

Resultado positivo 
O Brasil ultrapassou a marca de 30 milhões de doses de vacina contra covid aplicadas em 85 dias de campanha, um resultado a ser comemorado por superar Alemanha, França e Itália, que juntos têm população equivalente à nossa e levaram 89 dias para bater a marca.   A média diária de doses aplicadas no Brasil está acima de 750 mil e é a quarta melhor, atrás de China, Índia e EUA, diz o Our World in Data.

CPI no Senado
O presidente do STF, ministro Luiz Fux, marcou para quarta-feira o julgamento sobre a instalação da CPI da pandemia no Senado. O caso, aberto por decisão monocrática do ministro Luís Roberto Barroso, motivou ataques de Jair Bolsonaro à Corte e deve ser discutido em plenário para que os integrantes do tribunal respondam institucionalmente sobre o tema.

Maior eficácia
Um estudo feito pelo Instituto Butatan e pela USP revelou que a CoronaVac protege contra as variantes P1 e P2 do coronavírus e tem eficácia de 50,7% para casos sintomáticos e de até 83% para casos moderados – índices superiores aos 50,3% e os 78% verificados nas primeiras pesquisas. O trabalho mostrou também que o fármaco é mais eficaz quando a segunda dose é aplicada em intervalo igual ou superior a 21 dias da primeira. Na China, o governo avalia misturar vacinas para ampliar eficácia de doses.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Associação dos Diários do Interior – PR

A coluna “Pelo Paraná” é de responsabilidade da ADI-PR (Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná) Veja mais mais conteúdo do autor.

Associação dos Diários do Interior – PR tem 5 posts e contando. Ver todos os posts de Associação dos Diários do Interior – PR