Fiscalização multa 76 pessoas e 3 estabelecimentos por desobediência ao toque de recolher

A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) da Prefeitura de Foz do Iguaçu fez 477 vistorias e aplicou 79 multas a pessoas físicas, estabelecimentos comerciais e condutores de veículos que descumpriram as medidas do decreto municipal para evitar a disseminação do coronavírus.r

Neste fim de semana, a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) da Prefeitura de Foz do Iguaçu realizou 477 vistorias e aplicou 79 multas a pessoas físicas, estabelecimentos comerciais e condutores de veículos que descumpriram as medidas do decreto municipal para evitar a disseminação do coronavírus.

Segundo o diretor de Fiscalização, Nilton Zambotto, apenas três multas foram aplicadas a estabelecimentos. O restante é referente à circulação de pessoas após o toque de recolher, principalmente após as 18h de sábado (27) e no domingo (28), quando estava proibido circular sem motivo justificado.

A equipe da Aifu contou com a participação das secretarias da Fazenda e de Segurança Pública, Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Juizado de Menores.

A multa para pessoa física é de R$ 916,10, enquanto para estabelecimentos pode chegar a R$ 9.161,00. O decreto municipal prevê ainda multa no valor máximo para pacientes positivos ou suspeitos de covid-19 que descumprirem o termo de responsabilidade para o isolamento domiciliar, além de notificação e eventual responsabilização criminal. Não houve registro desse caso nos dois finais de semana de lockdown.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.