Foz registra três mortes por covid-19 e 151 novos casos da doença em 24 horas

83% das vagas em UTI estão ocupadas. Hospital Costa Cavalcanti habilita mais 10 leitos de tratamento intensivo.

Com a doença em aceleração, Foz do Iguaçu registrou mais três mortes por covid-19, de acordo com o boletim da prefeitura divulgado nesta quarta-feira, 18. Nas últimas 24 horas, foram registrados 151 novos diagnósticos positivos.

No município, 167 pessoas perderam a vida e 11.582 foram infectadas pelo novo coronavírus. Em alta, a média móvel de casos é de 140 ocorrências diárias. Há 14 dias, esse indicador era de 92. Na ocasião, eram 148 óbitos e 9.787 casos – aumento de 1.795 casos em duas semanas.

Outro indicador que preocupa é quanto às vagas hospitalares. O Hospital Ministro Costa Cavalcanti habilitou mais dez leitos de UTI Covid, totalizando 40 vagas nessa unidade de saúde. A informação, que está no boletim desta quarta, também foi relatada pela assessoria da prefeitura.

O Painel Epidemiológico de hoje mostra 85 leitos de UTI COVID existentes no município, um aumento de 10 leitos no Hospital Ministro Costa Cavalcanti, que totaliza agora 40 leitos de UTI Covid. A Assessoria do HMCC emitirá nota informativa à imprensa no período da tarde.

“O Painel Epidemiológico de hoje mostra 85 leitos de UTI COVID existentes no município, um aumento de 10 leitos no Hospital Ministro Costa Cavalcanti, que totaliza agora 40 leitos de UTI Covid”, informou a Agência Municipal de Notícias (AMN). O hospital deverá emitir nota nesta tarde.

Dos 85 leitos em unidades de terapia intensiva disponíveis na rede iguaçuense, 71 estão sendo usados, o que corresponde a 83%. Nas enfermarias, o percentual de ocupação é de 64%, com 48 das 74 camas com pacientes em atendimento.

Mais três vítimas

Os três falecimentos recentes em Foz do Iguaçu são de duas mulheres e um homem, com idades de 55 a 97 anos. Eles estavam internados nos dois hospitais que atendem pessoas para tratamento da covid-19.

Internada desde 4 de novembro, no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, a mulher de 82 anos teve o quadro de saúde agravado com “síndrome respiratória aguda grave e choque séptico”, informou a AMN. Sua morte foi na noite dessa terça-feira, 17.

A mulher de 97 anos, que estava internada no Hospital Ministro Costa Cavalcanti, desde o dia 12 de novembro, faleceu na manhã desta quarta-feira. “O quadro evoluiu com choque séptico, sepse de foco pulmonar e síndrome respiratória”, disse a AMN.

O homem de 55 anos também morreu na manhã desta quarta-feira, após período de internação iniciado em 20 de julho, no Hospital Municipal. Sua condição de saúde piorou e “evoluiu com choque séptico e sepse de foco respiratório”, descreveu a agência de notícias da prefeitura.

151 novos casos

Em 24 horas, a Prefeitura de Foz do Iguaçu registrou 151 novas ocorrências de covid-19. Do total de 11.582 casos da doença, 10.900 são relacionados a pessoas consideradas recuperadas pelos serviços de saúde.

Dos casos ativos, com capacidade de transmissão, 419 estão em isolamento domiciliar, apresentando sintomas leves da doença, e 96 pacientes se encontram internados.

Relação de casos e mortes desde o início da pandemia:

março: 13 casos e nenhuma morte;

abril: 36 casos e 2 mortes;

maio: 79 casos e 1 morte;

junho: 768 casos e 8 mortes;

julho: 2.447 casos e 19 mortes;

agosto: 1.732 casos e 31 mortes;

setembro: 2.173 casos e 42 mortes;

outubro: 2.216 casos e 41 mortes; e

novembro (18 dias): 2.118 casos e 23 mortes.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.