Ministro paraguaio classifica como “vergonha” sequestro de turistas brasileiros pela polícia

O ministro do Interior do Paraguai, Euclides Acevedo, classificou como “vergonhoso” o sequestro de turistas brasileiros por parte de agentes policiais, informa o jornal ABC Color. O ministro disse esperar que seja aplicado a esses policiais “todo o rigor da lei”.

Os agentes da delegacia da colônia Torín, departamento de Caaguazú (a 100 km de Ciudad del Este), sequestraram o casal de turistas brasileiros Matheus Mangiocca e Julia de Lima Venancio, que estavam fazendo um tour de carro pelo Paraguai.

Depois de interceptar o casal, os agentes exigiram inicialmente R$ 55 mil para a libertação. A alegação é que o rapaz apresentou apenas os documentos do carro em formato digital.

Sob ameaças de prisão e até de mortes, os policiais obrigaram Julia a vir retirar dinheiro em Foz do Iguaçu. Eles “aceitaram” um menor valor, de R$ 25 mil, mas na agência bancária não deram o dinheiro à jovem, porque para quantias altas é preciso telefonar antes.

O comando da Polícia Nacional anunciou, segundo o ABC Color, que está investigando todo o pessoal que tomou conhecimento do sequestro do casal brasileiro. Todos os agentes da delegacia de Torín foram removidos dos cargos e encaminhados a Assunção.

LEIA MAIS SOBRE O CASO

Brasileiro vítima de extorsão por policiais paraguaios conta como tudo aconteceu

Dois casos de polícia envolvendo brasileiros no Paraguai: vítimas em um, acusados em outro

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1049 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ