Eclipse solar deste sábado (14) poderá ser visto em Foz do Iguaçu

Na região de fronteira, fenômeno será parcial; previsão é de céu com poucas nuvens, ideal para a observação.

Apoie! Siga-nos no Google News

Moradores da América do Sul, Central e do Norte estarão de olho no céu, neste sábado (14), para acompanhar o Grande Eclipse Americano, cuja faixa de observação total (100%) passará por Brasil, Colômbia, Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Honduras, Belize, México e Estados Unidos.

Veja também:
Vídeo mostra meteoro cruzando o céu de Foz do Iguaçu

Superlua em Foz do Iguaçu: veja fotos do espetáculo

Em território brasileiro, os melhores pontos para visualização do eclipse solar anular (quando a Lua passa entre a Terra e o Sol e deixa apenas um “anel de fogo” visível) estarão nas regiões Norte e Nordeste. Em praticamente todo o país, contudo, será possível observar parte do fenômeno.

No céu de Foz do Iguaçu, especificamente, a Lua encobrirá a visão de 29,82% do Sol, diminuindo o brilho do astro em cerca de 30%. O início na fronteira, de acordo com a plataforma Time and Date, está previsto para as 15h36, com pico às 16h45 e término às 17h46.

Para não ter problemas, a recomendação dos especialistas é evitar olhar diretamente para o Sol, usando, para tanto, óculos específicos (os óculos escuros convencionais não protegem de forma adequada), filtro especial ou projetando o reflexo do Sol em uma parede.

Mapa da visibilidade do eclipse, conforme projeção da plataforma Time and Date.
Mapa da visibilidade do eclipse, conforme projeção da plataforma Time and Date.

O último eclipse solar anular na América do Sul ocorreu em junho de 2021, com o próximo marcado para 2 de outubro de 2024, no extremo-sul do continente.

Em 3 de novembro de 1994, Foz do Iguaçu testemunhou um eclipse total, que atraiu milhares de visitantes para locais como as Cataratas do Iguaçu. O fenômeno pode ser relembrado na reportagem abaixo, exibida pela Rede Globo no Jornal Nacional:

Reportagem exibida no Jornal Nacional de 3 de novembro de 1994

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.