TRE-PR irá combater desinformação por eleição transparente e tranquila

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral está em Foz do Iguaçu - Foto: Carlos Sossa/H2FOZ

Presidente do tribunal, o desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura conduz em Foz do Iguaçu os preparativos para a eleição com juízes e chefes de cartórios.

O principal desafio nas eleições deste ano não será a polarização ideológica, como defendem muitas opiniões, mas sim a desinformação. Essa é a avaliação do presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura, que está em Foz do Iguaçu conduzindo os preparativos para o pleito de outubro, juntamente com juízes eleitorais e chefes de cartórios da região.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Leia também: Cidadania a um clique. Prazo para tirar o título e votar em 2022 termina em dois meses

Em sua agenda, compartilha orientações com os integrantes da Justiça Eleitoral e enfatiza o prazo de 4 de maio como data-limite para transferência de título, mudança de local de votação dentro da cidade, ajuste de pendências dos escrutínios anteriores e para obtenção da inscrição para o primeiro voto. E o desembargador também conclama o eleitor a votar e ajudar a decidir os rumos da coletividade.

Ao H2FOZ, o presidente do TRE-PR explicou que está percorrendo as cidades do interior, levando orientação, estimulando a participação da cidadania no processo eleitoral e difundindo as ferramentas de combate às fake news. “A eleição será tranquila se for transparente. Para isso, temos que buscar a verdade, trabalhando contra a desinformação, que é o pântano da eleição”, declarou Wellington Emanuel Coimbra de Moura.

O desembargador destacou a relevância da tecnologia como aliada no combate a notícias falsas, como a Gralha Confere, central do TRE-PR de checagem e combate à desinformação, disponível para o público gratuitamente em: gralhaconfere.tre-pr.jus.br. “Todo o eleitor, em caso de dúvida, pode acessá-la e ali consultar se aquela notícia é falsa ou não”, frisou.

“Dia D” para serviços da Justiça Eleitoral

O desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura enfatizou a importância do 4 de maio como prazo final para diversos serviços a fim de que o cidadão possa exercer o seu direito e obrigação de votar neste ano. Essa data não será prorrogada. “Não é preciso sair de casa para vir ao Cartório Eleitoral, nem pegar fila. São serviços gratuitos realizados pela internet”, detalhou.

Entre os serviços da Justiça Eleitoral ofertados pela internet estão:

  • primeiro título (para jovens de 16 e 17 anos – ou quem tem 15 e completará 16 até o dia da eleição);
  • transferência de título no estado ou município;
  • mudança do local de votação para facilitar o acesso à urna;
  • alteração de dados e regularização de título cancelado.

Participação de todos

Em Foz do Iguaçu, o presidente do TRE-PR também reportou esforço da instituição para incentivar a presença do eleitor facultativo nas urnas, que são os jovens de 16 anos e pessoas com mais de 70 anos. “A Justiça está indo em direção ao eleitor. Somos servidores e temos a obrigação de servir à comunidade com serviço de excelência, sem alijar ninguém do processo decisório”, sublinhou o desembargador.

“Não podemos tirar a esperança do jovem. Pelo contrário, precisamos trazê-lo com a sua energia”, apontou. Uma das ações para isso, disse, é o cronograma de visitas do TRE-PR a escolas, com foco no primeiro título e na participação da juventude. Para quem tem mais de 70 anos, está prevista a flexibilização de seções eleitorais. “Nosso objetivo é oportunizar a participação nesta festa democrática que é a eleição”, finalizou.

Canais disponíveis ao eleitor
Disque-Eleitor: 0800-640-8400 (ligação gratuita)
Título Net: título, transferência, alteração de dados e título cancelado
Balcão Virtual: atendimento de conversa textual
E-mail ou WhatsApp: fale com a sua zona eleitoral
E-Título: baixe a via digital do título eleitoral

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.