Meteorologia alerta para temporal na sexta (8) em Foz do Iguaçu

Fenômeno previsto inclui volume superior a 50 milímetros de precipitações e rajadas de vento de até 48 quilômetros por hora.

Apoie! Siga-nos no Google News

A sexta-feira (8) poderá ter chuvas fortes e rajadas de vento na região de fronteira trinacional, conforme previsões de órgãos de meteorologia do Brasil, Paraguai e Argentina. Especificamente para Foz do Iguaçu, o Simepar, serviço meteorológico do Paraná, projeta 52.3 milímetros de precipitações e rajadas de até 48 quilômetros por hora.

Leia também:
Foz do Iguaçu espera casa cheia no feriadão de Independência do Brasil

Outras fontes, como o site Climatempo, indicam volume de 60mm de chuva, distribuído, principalmente, durante a madrugada e a manhã. A Metsul Meteorologia, por sua vez, projeta acumulado de até 80mm, com temperaturas entre 17°C e 23°C. Já o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta amarelo, que pode ser consultado aqui.

Área de cobertura do alerta amarelo emitido pelo Inmet.
Área de cobertura do alerta amarelo emitido pelo Inmet.

Na Argentina, a Direção Geral de Alerta Antecipado, da província de Misiones, descreve a possibilidade de “ventos fortes e queda de granizo” na porção norte do território, onde fica o município de Puerto Iguazú, a partir do fim da tarde de quinta-feira (7). Para a madrugada de sexta, é aguardada a ocorrência de tormentas dispersas.

No Paraguai, a Direção Nacional de Meteorologia e Hidrologia (DMH) vê chances de “chuvas com tormentas elétricas de moderadas a fortes, rajadas de vento de moderadas a fortes e ocasional queda de granizo”, na área que engloba o departamento (estado) de Alto Paraná, cuja capital é Ciudad del Este.

Próximos dias em Foz do Iguaçu. Gráfico: Simepar
Próximos dias em Foz do Iguaçu. Gráfico: Simepar

Para os demais dias do feriado prolongado brasileiro de 7 de setembro, o Simepar prevê 21.6mm de chuva para sábado (9), com ventos de até 49km/h; e céu parcialmente encoberto com ocasionais pancadas de chuva no domingo (10), com o fim do panorama de instabilidade ao longo do dia, facilitando a vida de quem precisa pegar a estrada.

Cataratas do Iguaçu

Ao meio-dia desta quinta-feira, a vazão de água nas Cataratas do Iguaçu, medida pela Companhia Paranaense de Energia (Copel), era de 2.190 metros cúbicos por segundo (m³/s), quase 50% acima do referencial padrão de 1.500m³/s. A tendência para as próximas horas é de elevação no volume do Rio Iguaçu na fronteira.

Vazão de água nas Cataratas do Iguaçu. Gráfico: Copel
Vazão de água nas Cataratas do Iguaçu. Gráfico: Copel
LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.