DAY Medical Center Foz do Iguaçu é destaque na mídia nacional

Empreendimento da área da saúde foi tema de matéria do jornal Valor, de São Paulo, publicada na sexta-feira (15).

Apoie! Siga-nos no Google News

Fruto de investimento de R$ 180 milhões em Foz do Iguaçu, o DAY Medical Center, centro de serviços médicos especializados, foi destaque na imprensa nacional. Na última sexta-feira (15), o jornal Valor, de São Paulo, publicou matéria sobre o empreendimento.

Leia também:
Day Medical Center entra na reta final de construção

Escrito pelo jornalista Robson Rodrigues, o texto pode ser lido, na íntegra, clicando aqui. O título é “Foz do Iguaçu busca parceiros para montar um hub de saúde”, citando o foco no segmento de turismo de saúde, em ascensão em destinos como São Paulo e Goiânia.

“Além de destino de turismo e natureza, a cidade de Foz do Iguaçu (PR) quer agora se tornar referência no segmento de turismo de saúde e busca atrair grandes redes para estabelecerem suas operações na região”, cita a matéria.



“Uma das primeiras a investir na região da tríplice fronteira foi o DAY Medical Center, com investimentos de R$ 180 milhões, em um centro de serviços médicos especializados, com cirurgias de pequena e média complexidade, como plásticas, dermatológicas, ginecológicas, obstétricas, reumatoides, gastrointestinais, entre outros procedimentos”, complementa a publicação.

DAY Medical Center entrará em funcionamento no final de maio de 2024. Imagem: Divulgação/Assessoria

O Valor descreve características do empreendimento, que terá 13 pavimentos, 26,8 mil metros quadrados de área construída, 40 clínicas, 80 consultórios, um centro de diagnóstico por imagem e um centro cirúrgico. A previsão de inauguração do local, situado na Rua Benjamin Constant, área central da cidade, é para 31 de maio de 2024.

Um dos entrevistados da matéria é o sócio da incorporadora DAY Medical Center Foz, Alex Teixeira. “É um empreendimento que vai contribuir para atrair mais profissionais de saúde e, também, mais turistas para Foz do Iguaçu, aumentando o tempo de permanência e o valor agregado à economia local e regional”, afirmou.

O centro será coordenado pela equipe do cirurgião plástico Heitor Dalla Rosa, do Hospital Firenze, também ouvido pelo Valor.

“A base da nossa cultura é entender que o nosso cliente é o cirurgião. Ele é quem vai escolher o lugar onde quer operar. E o foco do atendimento e da segurança é no paciente. O conceito é um hospital com cara de hotel, com foco em tecnologia, conforto e segurança, mas com um preço competitivo no mercado”, disse Dalla Rosa.

O jornal menciona que Foz do Iguaçu “já vive um boom de médicos e profissionais ligados à área da saúde”, devido ao curso de Medicina na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), às faculdades no Paraguai e aos profissionais ligados à Conscienciologia, mas que ainda faltam grandes redes hospitalares.

O texto termina com a análise do mestre em ciências e engenharia médica pela Universidade de São Paulo (USP) e sócio da consultoria CCN Centerless Competence Network, Carlos Sá, de que a região de fronteira tem um potencial grande de mercado para o turismo de saúde, além da probabilidade de desenvolver áreas de pesquisa, educação e assistência, com convergência de multiespecialidades.

Para ler a matéria do Valor, na íntegra, clique aqui.

LEIA TAMBÉM