H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias
Por: Cláudio Dalla Benetta

Cuidado com pirâmides financeiras. Empresas de bitcoins na mira 

Cuidado com pirâmides financeiras. Empresas de bitcoins na mira 
[""] (Foto: Pixabay)

H2FOZ - Cláudio Dalla Benetta

Geralmente falamos aqui sobre mineradoras de bitcoin, a moeda virtual, para mostrar o que parece ser uma opção de futuro para o Paraguai, já que a produção exige muita energia e o país vizinho tem pra oferecer a preços baixos.

A questão é de onde virá o dinheiro pra pagar o investidor.

Mas, agora, há outra questão: as fraudes com bitcoins, em que empresas oferecem juros fantásticos, sem qualquer garantia. E isso está acontecendo até mesmo em grupos do Facebook de Foz do Iguaçu.

Uma delas é a Unick, que garante "lucro de 100%" em seis meses, conforme o anúncio (ao lado).

Mas atenção! Só entre num negócio depois de conhecer a empresa. E, pra isso, basta pesquisar na Internet, nos sites de denúncias e reclamações.

No caso dessas mineradoras de criptomoedas, procure ler tudo sobre o assunto em sites como o Guia do Bitcoin e o Portal do Bitcoin.

A Unick, que está com anúncio postado por um participante do grupo Elogios e Reclamações (oficial) sobre Estabelecimentos em Foz do Iguaçu, já foi investigada pela Comissão de Valores Imobiliários. Ela não tem autorização para operar, segundo a Comissão.

Suspeita de pirâmide

De acordo com o Guia do Bitcoin, a empresa Unick Forex (veja aqui ) simplesmente não comprova de onde vem o lucro para pagar aos investidores. 

Lucro de 100% em seis meses? Como diz o Guia do Bitcoin, há "fortes indícios de pirãmide financeira". Isto é, quem entra primeiro ainda tem alguma chance de ter de volta o que investiu, mas quem aparece debaixo da pirâmide fica sem nada.

Há muitas queixas contra a Unick no site Reclame Aqui. A empresa não responde aos investidores que reclamam do valor investido e, até agora, perdido.

De Ciudad del Este

Já o Portal do Bitcoin traz matéria sobre a AWS Mining, que tem uma mineradora (que pegou fogo, segundo a empresa) em Ciudad del Este.

Proibida de atuar no Texas (Estados Unidos), por suspeita de fraude, a AWS Mining não está conseguindo pagar seus investidores, pelo menos desde fevereiro, diz o portal.

Mesmo antes do incêndio em sua fazenda de mineração, em março, a empresa já não vinha pagando alguns investidores. Alguns reclamam que não recebem desde novembro do ano passado. O site Reclame Aqui já deu a ela o título de "empresa não recomendada".

Um dos investidores da AWS Mining conta que, quando foi convidado a participar do grupo de investimentos, a AWS tinha vídeos no Youtube que mostravam uma mineradora grande, com rua asfaltada na frrente. Já o vídeo do galpão incendiado fica "no meio de uma roça, em uma estrada de barro".

Ao Portal do Bitcoin, a empresa informou que passará a se chamar AWS Capital e terá sede em Dubai, que é "cripto friendly" e que, a partir de maio, retomará as vendas de seus produtos de mineração. Mas não deixou claro que irá liberar os saques de seus clientes, diz o portal.

Veja a matéria completa aqui 

Você quer ganhar dinheiro fácil? Ok, mas pesquise bastante, se informe antes. Porque "não há almoço grátis", como dizem os americanos. 

X