Passeata pela Avenida JK, da Praça da Paz ao terminal de ônibus - Foto: Divulgação

Foz integrou protestos nacionais contra o governo Bolsonaro neste sábado

Vacinação em massa e Auxílio Emergencial de R$ 600 estavam na pauta da mobilização.

Entidades sindicais, populares e estudantis promoveram manifestação em Foz do Iguaçu contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu vice, Hamilton Mourão (PRTB), neste sábado, 24. O protesto integrou a agenda de mobilizações contra o governo realizadas em diversas cidades do país.

Nas cidades paranaenses, os atos também aconteceram em Curitiba, Cascavel, Maringá, Londrina, Guarapuava, Ponta Grossa, entre outras.

A concentração e o ato público foram na Praça da Paz, com falas sobre a pauta. Em seguida, os participantes seguiram em passeata pela Avenida JK, até o terminal de ônibus, utilizando meia pista da via dupla. Com faixas, bandeiras e cartazes, ao som de maracatu, o movimento defendeu a abertura do impeachment de Bolsonaro.

Vacinação em massa contra a covid-19, apuração das denúncias de irregularidade na compra de imunizantes e Auxílio Emergencial de R$ 600 enquanto durar a pandemia fizeram parte das reivindicações. O protesto em Foz do Iguaçu ainda foi contra a reforma administrativa e as privatizações, com a dos Correios e a da Eletrobras.

Concentração foi na Praça da Paz, no centro de Foz do Iguaçu – Foto: Divulgação

“Bolsonaro e Mourão precisam ser responsabilizados por mais de meio milhão de vidas que foram perdidas para a covid-19”, declarou a professora da Unioeste Tamara André. “Exigimos vacina no braço para todos, imediatamente, e comida no prato”, afirmava no carro de som que conduzia a passeata, aludindo às pautas.

No protesto, houve reação contrária à menção feita pelo presidente condicionando a realização de eleições no país em 2022 ao voto impresso. Para os participantes do ato público, Bolsonaro não respeita as regras democráticas que estão vigentes e que o elegeram no último pleito eleitoral nacional.

O protesto contra o governo de Bolsonaro e Mourão foi organizado pela Unidade Sindical e Popular de Foz do Iguaçu. Foi o quinto ato público no município em dois meses, com os anteriores ocorridos nos dias 3 e 13 de julho, 20 de junho e 29 de maio.

A favor

O presidente não comentou os protestos contra o governo. Em uma de suas redes sociais, publicou um vídeo com a legenda: “Hoje, pelas comunidades de Brasília”. A publicação mostra Bolsonaro cumprimentando e fazendo fotos com pessoas em ruas e comércios.

No Paraná, motociclistas realizaram manifestação de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, na manhã deste sábado, em Curitiba, capital do estado. Eles ocuparam duas pistas da BR-277, exibindo bandeiras nacionais.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1283 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.