Paranaense diz que irá disputar o cargo de Lula em 2026

Ele quer somar 1.000 cidades visitadas; até agora, o homem que quer ser presidente só ganhou para vereador.

Apoie! Siga-nos no Google News

Ele quer somar 1.000 cidades visitadas até o fim do ano, cumprindo 20% da jornada que deverá ser ampliada para a totalidade dos 5,5 mil municípios brasileiros. O objetivo do paranaense de Loanda, José Maria Boni, o Zé Boni, é ser conhecido no país para concorrer a presidente da República.

LEIA TAMBÉM: Foz do Iguaçu é o 2.º destino na tendência do turismo interno para 2024

O projeto de andar pelo país começou após disputar uma cadeira ao Senado Federal, em 2018, quando obteve 264.518 mil votos. Apresentando-se como pré-candidato ao cargo hoje ocupado pelo petista Luiz Inácio Lula da Silva, já passou por Espírito Santo, Sergipe, São Paulo, Alagoas e Bahia, contabiliza.

Na última eleição municipal, candidatou-se à prefeitura de Curitiba pelo PTC, propondo cortar pela metade o número de cargos políticos na capital, recebendo 3.509 votos. Sua biografia inclui apenas a eleição para vereador na pequena Santa Cruz do Monte Castelo, no Noroeste, em 2004, conquistando a cadeira com 308 votos, na época, pelo PSL.



ze boni
O político afirma que está sendo sondado por várias siglas – foto: Assessoria/Zé Boni

Zé Boni afirma que está sendo sondado por diversos partidos para ser candidato a presidente em 2026. “Temos a certeza que o Brasil terá a oportunidade de conhecer um político sério, honesto e extremamente carismático”, declara o político, enumerando o que ele mesmo considera ser suas qualidades.

Administrador de empresas e contador, Zé Boni define-se como cristão que “ama Jesus e não se envergonha de falar do seu amor e pregar o evangelho”. E completa dizendo-se “homem determinado, incansável, que gosta de estar entre as pessoas e que vive intensamente”, registra, por meio da assessoria.

LEIA TAMBÉM