Polícia prende suspeito de assassinato brutal em Foz do Iguaçu

Corpo da vítima foi encontrado dentro de uma mala, em um terreno baldio no bairro Porto Belo, no dia 18 de dezembro.

Apoie! Siga-nos no Google News

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil em Foz do Iguaçu informou, na manhã desta quarta-feira (3), que efetuou a prisão de um dos suspeitos pelo assassinato de Gabriele da Rosa, cujo corpo foi encontrado dentro de uma mala, em um terreno baldio no bairro Porto Belo, no dia 18 de dezembro de 2023.

Leia também:
Corpo de mulher é encontrado dentro de mala em Foz do Iguaçu

No material enviado à imprensa, a corporação informa que a localização do suspeito ocorreu com o apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Sul. Um outro indivíduo, de primeiro nome Otávio, permanece com paradeiro desconhecido.

Gabriele desapareceu na noite de 13 de dezembro de 2023, após ter ido à casa de Otávio para um encontro. No dia seguinte, ele pediu demissão do emprego, sem qualquer justificativa, e entregou as chaves do apartamento.



No interior do imóvel, os policiais identificaram o que seriam resquícios de sangue. Imagens de câmeras de segurança, por sua vez, revelaram Otávio arrastando uma mala pesada na região do Porto Belo, perto de onde o corpo foi encontrado.

O suspeito preso é enteado de Otávio. Em depoimento, o rapaz, cujo nome não consta da nota enviada pela Polícia Civil à imprensa, admitiu que estava no apartamento na noite do crime e relatou as circunstâncias do ocorrido.

Conforme a versão do enteado, ele e o padrasto consumiram cocaína. A morte de Gabriele teria ocorrido na madrugada do dia 14, após suposta discussão. O enteado admitiu ter desferido pelo menos oito facadas na vítima, enquanto Otávio apenas assistia.

Após o ocultamento do corpo, a dupla fugiu, inicialmente, em direção a Curitiba. Outros detalhes das investigações serão divulgados, na tarde desta quarta-feira, em entrevista coletiva agendada pela delegada responsável pelo caso.

LEIA TAMBÉM