Turismo de Foz do Iguaçu cresceu em 2023 – veja os números

Ano marcou a retomada do turismo receptivo na Terra das Cataratas, com aumento na procura pelos atrativos da cidade.

Apoie! Siga-nos no Google News

O turismo de Foz do Iguaçu viveu, em 2023, o ano da retomada de suas atividades, após o fim da maior parte das restrições sanitárias impostas pela pandemia do novo coronavírus ao setor de viagens no Brasil e no mundo.

Leia também:
Lado argentino das Cataratas teve 1,5 milhão de visitas em 2023

Os números divulgados pelos principais atrativos da cidade mostram crescimento de visitantes em relação a 2022, além de volumes próximos a 2019, ano do recorde no Parque Nacional do Iguaçu. Confira, abaixo, um resumo das estatísticas:

Cataratas do Iguaçu

Principal termômetro da atividade turística na Terra das Cataratas, o Parque Nacional do Iguaçu recebeu, entre 1.º de janeiro e 31 de dezembro de 2023, 1.833.398 visitantes, crescimento de 27,8% na comparação com o ano anterior.

Já em relação ao recorde de 2019, quando 2.020.358 brasileiros e estrangeiros passaram pelo lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu, o índice de recuperação foi de 91%. Para 2024, a expectativa é voltar à marca de dois milhões.

Complexo Dreams

Formado por atrativos como o Museu de Cera, Vale dos Dinossauros, Bar de Gelo, Dreams Motor Show e Eco Park, o Compexo Dreams, na Avenida das Cataratas, recebeu 877.040 visitas. Em 2022, foram 820 mil visitas. Já em 2019, melhor ano, 925 mil.

Parque das Aves

Localizado na BR-469, o Parque das Aves recebeu 804.596 visitantes em 2023. No comparativo com os 693.833 ingressos vendidos em 2022, o crescimento foi de 15,9%. O melhor ano segue sendo o de 2019, com 936.673 visitas ao atrativo.

Itaipu Binacional

O Complexo Turístico Itaipu recebeu 509.899 visitantes em 2023, aumento de 21,7% em relação a 2022. O passeio mais procurado foi o Itaipu Panorâmica (368.230), seguido pelo Itaipu Especial (65.868), Refúgio Biológico Bela Vista (47.197) e Itaipu Iluminada (24.060).

Marco das 3 Fronteiras

Em 2023, o lado brasileiro do Marco das 3 Fronteiras foi visitado por 445.542 pessoas de 119 nacionalidades. Na comparação com 2022, quando 421.559 brasileiros e estrangeiros usufruíram as opções do atrativo, o incremento foi de 5,7%.

LEIA TAMBÉM