Comunidade é convidada a debater indicadores do desenvolvimento de Foz do Iguaçu

Audiência pública proposta pelo Observatório Social acontece nesta quarta-feira, 29, às 9h, na Câmara de Vereadores.

Apoie! Siga-nos no Google News

Índice oficial que afere o desenvolvimento coloca Foz do Iguaçu na 90.ª posição entre as cidades paranaenses. O Observatório Social convida a comunidade para debater esses indicadores em audiência pública na Câmara de Vereadores, nesta quarta-feira, 29, às 9h.

LEIA TAMBÉM: Foz do Iguaçu fica fora das 29 cidades no topo do desenvolvimento no PR

Aberto para a comunidade, o diálogo reunirá vereadores, gestores, controladores sociais, especialistas em políticas públicas e representantes de entidades da sociedade civil. O objetivo é ampliar o debate com lideranças e a população em torno dos dados do município referentes ao recente Índice Ipardes de Desempenho Municipal (IPDM), divulgado pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes).

O Observatório Social produziu e divulgou estudo comparando a situação de Foz do Iguaçu com outras cinco cidades paranaenses, a partir do IPDM e de outros indicadores, abrangendo o período de 12 anos. São municípios com perfis populacionais e orçamentários similares.



“Esses indicadores abrangem renda, saúde e educação, essenciais para as pessoas. Por isso, queremos debatê-los de forma ampla com a comunidade”, convida o presidente do Observatório Social, Jaime Nascimento. “A audiência pública é uma oportunidade para avaliar e propor soluções a favor do crescimento da cidade”, frisa.

Conforme Jaime, um dos principais trabalhos dos controladores sociais iguaçuenses é o de produzir e analisar indicadores de gestão, atuação que foi premiada neste ano em concurso nacional de boas práticas. “Indicadores são a régua para medir o quê, o quanto e a qualidade dos serviços públicos prestados para o cidadão”, enfatiza.

Foz atrás de cidades de mesmo porte

O Índice Ipardes de Desenvolvimento Municipal, divulgado pelo Governo do Paraná, coloca Foz do Iguaçu na 90.ª colocação geral. No diagnóstico elaborado pelo Observatório Social, o desempenho da cidade é comparado com outras localidades, sendo:

  • Maringá (6.ª posição no ranking);
  • Cascavel (11.ª);
  • São José dos Pinhais (35.ª),
  • Guarapuava (56.ª);
  • Foz do Iguaçu (90.ª);
  • Ponta Grossa (118.ª).

O levantamento do Observatório Social inclui dados como arrecadação de impostos per capita, índice de emprego formal, capacidade de investimentos e condição demográfica. E ainda o crescimento do orçamento, a remuneração média mensal no serviço e no setor privado, além do Produto Interno Bruto (PIB), que possui particularidades devido ao ingresso de recursos da Itaipu Binacional.

AUDIÊNCIA PÚBLICA
Indicadores da Gestão Pública Municipal
Data: 29 de novembro (quarta-feira), às 9h
Local: plenário da Câmara de Vereadores (Travessa Oscar Muxfeldt, 81, centro)
Aberta ao público

(Com informações do Observatório Social em Foz do Iguaçu)

LEIA TAMBÉM