Bosque dos Macacos: MP é acionado para apurar derrubada de árvores

Derrubada das árvores foi suspensa por órgão ambiental estadual – Foto: Marcos Labanca

Blog da Redação: ex-vereador volta à Câmara comissionado do prefeito; abandono da prainha; TCE fiscaliza serviço de ônibus em Foz; eleitor: último dia.

Por Alexandre Palmar e Paulo Bogler

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

O Centro de Direitos Humanos e Memória Popular (CDHMP) protocolou, nessa segunda-feira, 2, pedido ao Ministério Público do Paraná (MPPR) para que o órgão investigue a “legalidade do desmatamento do Bosque dos Macacos”. Para a entidade, há pedido tombamento na área, o que impediria intervenções enquanto o processo tramitar.

Clique para ler o editorial do H2FOZ sobre o tema.

Imagem: Reprodução/CDHMP

Ex-vereador volta à Câmara

Não reeleito em 2020, o ex-vereador Jeferson Brayner estreou na Câmara de Vereadores como comissionado do prefeito Chico Brasileiro, nesta terça-feira, 3, para a missão de ser o mediador entre Legislativo e prefeitura. O desafio maior, porém, será o de mover montanhas para a primeira-dama, Rosa Jeronymo, chegar ao eleitorado evangélico, repararam alguns políticos.

Abandono da prainha

Na tribuna livre do Legislativo, vereadores de todos os matizes revezaram-se para cobrar melhorias na Prainha de Três Lagoas. Querem que o prefeito use o período pós-temporada para tirar o balneário público da condição de abandono atual.

TCE fiscaliza transporte

Seis auditores do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) estão em Foz para realizar auditoria presencial do serviço de transporte público, mantido pela Viação Santa Clara, por meio de contrato emergencial firmado com a prefeitura. Os técnicos ficarão na cidade até a próxima sexta-feira, 6.

Eleitor: último dia

Quarta-feira, 4, será o último dia para tirar o título ou regularizá-lo para votar nas eleições de 2022. O procedimento pode ser pela internet (clique aqui). Um dos principais focos da Justiça Eleitoral é estimular a inscrição de adolescentes de 16 e 17 anos – e quem completará 16 até 2 de outubro – para que esse público possa votar para presidente, governador, deputados e senadores. Nesta terça-feira, 3, 452 pessoas foram atendidas presencialmente no Cartório Eleitoral de Foz do Iguaçu.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Blog da Redação

Blog da Redação é de responsabilidade dos jornalistas do Portal H2FOZ. Veja mais mais conteúdo do autor.