Blog pelo Paraná – Cidadão Paraná, Moradia Legal e Rachadinha punida

O professor Wilson Picler recebe o título de cidadão benemérito do Paraná. Foto: Divulgação.

Cidadão Paraná
O professor Wilson Picler, chanceler da Uninter, recebe nesta segunda-feira, 2 de maio, o título de cidadão benemérito do Paraná. O título foi proposto pelo deputado Hussein Bakri (PSD). Na quinta-feira, 5, Picler vai receber o título de cidadão honorário de Ponta Grossa, proposto pela vereadora Jose Canto (PSC).

Moradia Legal
Nesta quarta e quinta-feira (27 e 28), a prefeitura e o Tribunal de Justiça do Paraná farão a entrega de registros de imóveis (escrituras) para mais 317 famílias em Foz do Iguaçu através do programa Moradia Legal. O prefeito Chico Brasileiro (PSD) e o desembargador Abraham Lincoln Calixto, coordenador do programa, vão conversar com a imprensa nesta quarta-feira, às 9h, no gabinete do prefeito. O programa já atendeu 68 famílias do Jardim Paraná e estão em andamento outros 2.620 processos. A meta é atender 8,6 mil famílias, em diversas regiões da cidade.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Esse cara, sou eu
O deputado Sérgio Souza (MDB) divulgou nas redes sociais que acabou com o pedágio no Paraná. “Como relator da Lei Federal de Concessões, proibi a renovação dos contratos das antigas concessionárias no Paraná. Os pedágios futuros nunca mais serão abusivos: essa bandeira eu defendo, em nome dos paranaenses”.

Mutirão
A Defensoria Pública e a Assembleia Legislativa farão nas próximas quinta-feira, 28, e sexta-feira, 29, o mutirão “Concilia Paraná” para orientar as pessoas interessadas em resolver problemas de forma amigável na área de família, como, por exemplo, em casos de divórcio, pensão alimentícia, guarda, dissolução de união estável, reconhecimento de paternidade afetiva ou biológica. O atendimento será no posto da Defensoria na Assembleia, das 9h às 17h.

Procura
A área da Família é a que mais tem procura na Defensoria. Só em 2021, o órgão atendeu 103.963 pessoas no Paraná, 52% a mais que no ano anterior. No posto na Alep, não é diferente. Quase 50% dos atendimentos são sobre assuntos relacionados à Família. Entre outubro do ano passado e o final do mês de março, foram 1.229, atendimentos, 508 na área da família.

Rachadinha punida
A ex-vereadora Fabiane Rosa foi condenada a 41 anos de prisão pela prática de rachadinha, entre 2016 e 2020, durante seu mandato na Câmara Municipal de Curitiba. A ex-vereadora foi sentenciada pela justiça por 15 crimes de concussão (com pena de dois anos e meio de prisão cada) e um crime continuado de peculato, com pena de quatro anos e dois meses de prisão. Na soma das penas, Fabiane Rosa foi sentenciada a 41 anos e dois meses de reclusão, com o início do cumprimento da pena em regime fechado.

Fiscalização
O ministro Anderson Torres (Justiça) orientou a Diretoria de Operações a intensificar a fiscalização da Polícia Federal nas fronteiras, entre elas a de Foz do Iguaçu, sobre bebidas, cigarros e fertilizantes. Entidades do setor levaram o pleito ao governo com uma peculiaridade: que se fortaleça fiscalização em falsificação (que traz danos à saúde) e não apenas em contrabando.

Visitação
Os principais parques e atrações turísticas do Paraná receberam mais de 85 mil visitantes durante os feriados prolongados de Páscoa, entre 15 e 17 de abril, e de Tiradentes, de 21 e 24 deste mês. Foz do Iguaçu foi o destino mais procurado. O Parque Nacional do Iguaçu, principal indicador de visitação na tríplice fronteira, recebeu 47.403 pessoas. O Marco das Três Fronteiras, com 14.275 turistas, e a Itaipu Binacional, com 14.174 turistas, também tiveram bom público.

Visita II
Outros atrativos com destaque foram o Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, com 4.005 visitantes nos dois períodos; o Parque Estadual da Serra da Baitaca, entre Quatro Barras e Piraquara (2.673); Monumento Natural Salto São João, em Prudentópolis (1.197); Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi (1.073); e Parque Estadual Pico do Morumbi, em Morretes (848). No total, 85.648 turistas visitaram os diferentes pontos do Paraná.

Segurança
Karlos Kolbach, do blog Politicamente, adianta que a “bancada da bala” na Assembleia Legislativa está coletando assinaturas para instalar a CPI da Segurança.O líder do governo na Assembleia, deputado Marcel Micheletto (PL), está preocupado com toda a situação. Das 18 assinaturas necessárias ao requerimento, faltaria apenas uma. A gestão do secretário de Segurança, coronel Rômulo Marinho, também está sendo criticada pelos deputados que atuam na área.

Áudio vazado
Após o vazamento de áudios em que defendia a cassação do vereador Renato Freitas (PT) por quebra de decoro parlamentar pela participação em uma manifestação antirracista em 5 de fevereiro, na Igreja do Rosário, o vereador Márcio Barros (PSD) pediu desligamento do Conselho de Ética da Câmara Municipal de Curitiba. Em nota, Barros afirmou que tomou essa decisão “para resguardar a integridade do julgamento do vereador Renato Freitas”.

Pessoal do truco
Um vídeo da sessão da Câmara Municipal de Formosa do Oeste chamou a atenção pelo pedido feito pelo vereador e vice-presidente Raimundo Marques Cavalcante (PL). “Eu gostaria senhor presidente de me retirar. Eu peço desculpa aos nossos colegas, eu tenho um compromisso ali no bocha com o pessoal do truco. Não adianta mentir . Quem quiser passa lá, eu tô lá!”, disse.

Ditadura e tortura
O deputado Ricardo Arruda (PSC) saiu em defesa da ditadura militar e da tortura. Arruda disse que nunca existiu ditadura no Brasil, que o que houve por aqui foi um governo dos militares a pedido do povo. Que se vivia muito bem e que o governo dos generais foi muito bom. “Quem foi torturado é porque mereceu ser torturado”, disse.

Vergonha
“O deputado que diz que não houve tortura devia ser torturado pra saber o que é tortura. É uma vergonha o que o senhor fala na tribuna. O senhor nunca teve coragem de enfrentar a ditadura”. O senhor torturaria alguém? Encostaria um revólver na cabeça e daria um tiro mesmo com a pessoa estando algemada? Tiraria uma pessoa de casa e levaria com um capuz para uma chácara para espancar? Porque é isso que o senhor está pregando”, devolveu o deputado Tadeu Veneri (PT).

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Associação dos Diários do Interior – PR

A coluna “Pelo Paraná” é de responsabilidade da ADI-PR (Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná) Veja mais mais conteúdo do autor.