Covid-19: Paraná sobe para 3º no ranking brasileiro. E Foz lidera no Estado

Média de casos e de óbitos, em Foz, continua em elevação. Foto Marcos Labanca

O Paraná subiu para o 3º lugar no ranking brasileiro de casos de covid-19, ultrapassando o Rio Grande do Sul.

Mas se mantém em 5º lugar no ranking de mortes pela doença. Com os números divulgados neste domingo, 23, o Estado tem 1.054.893 casos confirmados e 25.362 mortos, desde o início da pandemia.

No informe deste domingo, a Secretaria de Estado da Saúde registrou mais 1.175 novos casos e 25 mortes. Mas os casos não são das últimas 24 horas, e sim referentes aos meses, semanas e dias anteriores.

Os casos são de janeiro (20), fevereiro (1), março (2), abril (7) e maio (1.133) de 2021 e dos seguintes meses de 2020: setembro (1), novembro (1) e dezembro (10).

Ainda de acordo com a Secretaria da Saúde, há 2.853 pacientes com diagnóstico confirmado de covid-19 internados, dos quais 1.288 em UTI.

E ainda: há outros 2.805 pacientes internados, 997 em leitos de UTI e 1.808 em enfermarias, que aguardam resultados de exames, mas são casos considerados suspeitos de contaminação pelo coronavírus.

Paraná subiu para a terceira posição, em casos.

MÉDIA MÓVEL

Embora seja considerada estável, o pior é que a média móvel de casos, hoje em 4.311 por dia, está 3,8% mais alta do que há duas semanas.

Já em óbitos, a média móvel é de 79 por dia, nesta última semana, que representam 33,9% menos do que o registrado há duas semanas.

No entanto, é aquela história terrível: quanto mais casos, maior a possibilidade de aumentar as mortes.

CASOS E MORTES EM FOZ

Em Foz do Iguaçu, a Vigilância Epidemiológica registrou 58 novos casos de covid-19 e quatro mortes (as vítimas fatais são uma mulher de 85 anos e três homens de 37, 49 e 81 anos).

O total em Foz, desde o início da pandemia, subiu para 36.352 casos, dos quais 34.770 são recuperados, e 854 mortes.

Tanto a média diária de casos quanto a de óbitos, em Foz, estão mais altas do que há duas semanas.

REGIONAL DE FOZ LIDERA

Os casos de Foz do Iguaçu, principalmente, mantêm a 9ª Regional de Saúde (que inclui Foz e outros oito municípios) em 1º lugar, no Paraná, tanto em casos quanto em mortes por covid-19.

A incidência da doença, na regional, é de 13.409 casos a cada 100 mil habitantes, bem superior ao número do 2º lugar (regional de Telêmaco Borba), com 11.755 casos por 100 mil; e ainda mais distante da média paranaense: 9.160 casos a cada 100 mil habitantes.

Em óbitos, a regional de Foz tem 272,4 a cada 100 mil habitantes. A regional de Paranaguá, em 2º lugar, tem 266,5 casos a cada 100 mil moradores. E a média paranaense é bem mais baixa: são 220,2 casos a cada 100 mil.

BARREIRAS NA FRONTEIRA

Intenção é montar barreiiras como essa já na entrada de Foz, na Ponte da Amizade. Foto AMN

A Prefeitura de Foz do Iguaçu informa que o pedido feito ao governo federal, para instalação de barreiras sanitárias na Ponte da Amizade, leva em conta três situações consideradas graves.

Uma delas é a explosão de casos no Paraguai, que já colapsou o sistema do país. Outra, a quarentena rigorosa, por nove dias, decretada pelo governo argentino.

E a terceira é a medida que o governo brasileiro anunciou, de barrar nos aeroportos os passageiros estrangeiros de voos com origem ou passagem pela Índia, Reino Unido, Irlanda do Norte e África do Sul.

Como o Ministério da Saúde anunciou que vai instalar barreiras sanitárias em portos e aeroportos para prevenir a entrada de novas variantes do coronavírus, o prefeito Chico Brasileiro reforçou o pedido para instalar barreiras também na Ponte da Amizade.

Mais de 800 indianos residem no Paraguai, principalmente em Ciudad del Este, informou ainda a Prefeitura.

PREOCUPAÇÃO

As novas variantes também preocupam o governador do Paraná, Ratinho Júnior. Durante entrevista à imprensa nesta sexta-feira (21), o governador externou a preocupação exatamente com as áreas de fronteira do Paraná e com o Porto de Paranaguá.

O governador também defende a necessidade de serem montadas barreiras sanitárias nesses locais, reforçando o apelo da Prefeitura de Foz.

 

Fontes: Agência Brasil, AEN e AMN

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1143 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.