Consultas são realizadas nas únidades básicas. Tratamento pode evitar internações no Municipal, hospital público de Foz do Iguaçu - Foto: Marcos Labanca

Na fila para consulta, mais uma vez neste ano, idoso reclama da saúde em Foz

O aposentado aguarda para ser atendido por nefrologista; prefeitura diz que consulta sai em 15 dias.

Ser idoso e ter o pedido de urgência registrado pelo médico não foi o suficiente para Gualberto Cuenca escapar da fila para consulta com especialista na saúde pública de Foz do Iguaçu. E não é a primeira vez neste ano.

O aposentado aguarda para ser atendido por um médico nefrologista. Ele relata que a indicação para a especialidade data de fevereiro deste ano, mas “no posto não encaminharam antes”. O idoso afirma que entrou no agendamento no final da primeira quinzena de maio; no dia 31, a unidade básica de saúde do Morumbi II ressaltou a prioridade de idoso e a urgência, informa. Dia 31 é data de entrada formal na fila.

“Sem resposta”, conta o aposentado, de 71 anos, sobre a sua última verificação para ser atendido. “No dia 10 de agosto, o cardiologista voltou a reiterar a urgência da consulta com nefrologista. A resposta: ‘Tem que aguardar’. Tenho toda a documentação em mãos”, frisa Gualberto Cuenca.

No último mês de maio, o H2FOZ já tinha noticiado a sua espera por outras duas especialidades, de ortopedia e urologia. Na ocasião, ele reclamou que a prioridade para idoso não era cumprida pela saúde pública iguaçuense e que se sentia violado em seus direitos (leia a matéria da época).

Agora, com a nova espera na fila invisível, eletrônica, indignou-se por não ter obtido o atendimento com o nefrologista até o momento. “Na saúde de Foz do Iguaçu, o único de rosa é o nome da secretária”, declarou, fazendo alusão à titular da pasta, Rosa Jerônimo.

“Não é melhor e mais barato prevenir do que pagar custo caro para tratamentos de hemodiálises e outros? Até quando vamos seguir desse jeito?”, questionou. O idoso também disse ficar com raiva ao ver a prefeitura pagar publicidade. “A melhor propaganda é fazer uso do dinheiro contratando mais profissionais e insumos”, sugeriu. Gualberto Cuenca.

O que diz a secretaria

Por meio da assessoria, a Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu informou que Gualberto Cuenca está na posição 52 da fila da nefrologia, “com prioridade clínica e por lei”. Para esse atendimento, com as mesmas prioridades, são 89 usuários aguardando.

“Considerando a duplicidade de solicitação de prioridade nesta fila, a previsão de agendamento é de 15 dias”, relatou a secretaria.

“A fila geral de usuários aguardando para esta especialidade até a presente data [17 de agosto] é de 182, sendo o primeiro com entrada na fila em 29 de abril de 2021”, completou.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1283 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.