Pesquisa mostra que 8 em cada 10 paraguaios fazem compras on-line

Dados obtidos pela Câmara Paraguaia de Comércio Eletrônico mostram potencial para crescimento do setor.

Apoie! Siga-nos no Google News

As transações de compra e venda por meio da internet estão cada vez mais presentes na vida de quem mora no Paraguai. Dados de um estudo contratado pela Câmara Paraguaia de Comércio Eletrônico (Capace) revelam que oito em cada dez cidadãos do país já possuem o hábito de fazer compras no ambiente virtual regularmente.

Em entrevista ao jornal La Nación, Gustavo Giménez, presidente da Capace, informou que o meio mais usado para pagamento é o cartão, nas modalidades crédito e débito. Do total de compras on-line, contudo, 70% são feitas em sites ou aplicativos estrangeiros, deixando apenas uma fatia minoritária para o comércio local.

“Temos o desafio de que o paraguaio aposte no mercado local para fazer suas compras, aproveitando o fato de que em menos de 48 horas os produtos já estarão em casa”, considerou Giménez, citando o fato de que a simplicidade nas regras para importação faz com que muitos consumidores optem diretamente pelas compras internacionais.

Tal como no restante do mundo, a pandemia do novo coronavírus acelerou a adoção de canais digitais pelas empresas locais. Na visão de Giménez, há espaço para crescimento. “Houve um aumento de 30% a 35% nos últimos meses. Se a economia melhorar, vai subir um pouco mais, mas não diminuir, pois o mercado está ávido”, analisou.

O acesso à internet no Paraguai é feito, principalmente, com o uso de redes móveis, tendo em vista a baixa penetração da telefonia fixa e das redes de fibra ótica em grande parte do país. Celulares com o sistema Android lideram o mercado local.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.