Polícia do Paraguai prende quadrilha trinacional de assaltantes

Indivíduos atuavam nos três países da região, com o roubo de carros e o tráfico de drogas; prisão foi em Ciudad del Este.

Apoie! Siga-nos no Google News

A Polícia Nacional do Paraguai efetuou, no último sábado (6), a prisão de cinco integrantes de uma quadrilha especializada no roubo de carros na região de fronteira com o Brasil e a Argentina.

Leia também:
Brasileiro é vítima do “Golpe do Tinder” no Paraguai

A abordagem inicial ocorreu na Avenida San Blas, em Ciudad del Este, a cerca de um quilômetro da Ponte Internacional da Amizade. Com os quatro suspeitos inicialmente detidos, os policiais apreenderam uma caminhonete roubada na Argentina.

Hilux tinha denúncia de roubo na Argentina. Foto: Gentileza/Polícia Nacional do Paraguai
Hilux tinha denúncia de roubo na Argentina. Foto: Gentileza/Polícia Nacional do Paraguai

Mais tarde, um quinto suspeito foi preso, com a operação tendo resultado na apreensão de mais dois veículos com sinais de adulteração.



Quatro dos cinco presos têm nacionalidade argentina, sendo uma mulher de 28 anos e três homens, com idades entre 28 e 37. Já o brasileiro tem 21 anos e reside, segundo a Polícia Nacional do Paraguai, na cidade de Barracão (PR), fronteiriça com a Argentina.

Conforme as investigações, argentinos e brasileiro agiam em cooperação com paraguaios, ainda não identificados, que forneciam documentação para “esquentar” veículos brasileiros e argentinos levados ao Paraguai.

Em reportagem publicada sobre o tema, o jornal ABC Color cita que, em algumas ocasiões, os automóveis e caminhonetes eram trocados por drogas, que seriam traficadas ao Brasil e à Argentina pelos envolvidos.

As investigações para identificar outros integrantes ou parceiros do grupo continuam. Os cinco suspeitos permanecem recluídos em Ciudad del Este.

LEIA TAMBÉM