Deputados aprovam fundo para infraestrutura inteligente no Paraná

Projeto prevê fomentar o desenvolvimento de projetos de infraestrutura rural, logística e sustentável; texto segue para sanção.

Apoie! Siga-nos no Google News

Proposta que tramitou em regime de urgência na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (ALEP), o projeto que instituiu o Fundo Estadual em Infraestrutura Inteligente (Feiin) foi aprovado em três sessões plenárias. A conclusão da votação foi nessa terça-feira, 2.

LEIA TAMBÉM: Criação de fundo estadual para infraestrutura inteligente avança na ALEP

A matéria é de autoria do Poder Executivo. O Projeto de Lei 357/2024 pretende ampliar os investimentos públicos no Paraná e fomentar o desenvolvimento de projetos de infraestrutura rural, logística e sustentável.

A deliberação foi célere na ALEP, devido à natureza da proposta. O placar foi de 40 votos favoráveis e 6 contrários. Cinco emendas dos parlamentares foram apresentadas, com uma delas aprovadas, para dar mais transparência ao projeto e definir atribuições do Conselho Deliberativo do Fundo.

Líder do governo, o deputado Hussein Bakri (PSD) defendeu a emenda e assegurou que o “projeto prevê onde serão aplicados os recursos”. Por 35 votos contra a 12 a favor, foram derrubadas outras duas emendas da deputada Luciana Rafagnin, uma do deputado Goura (PSD) e outra do deputado Requião Filho (PT).

Infraestrutura

Para a gestão estadual, a iniciativa visa a garantir que os royalties recebidos pelo estado sejam utilizados de maneira eficiente e estratégica. O enfoque é o desenvolvimento sustentável e a melhoria da qualidade de vida da população, expõe a justificativa da matéria.

O Fundo Estadual em Infraestrutura Inteligente pretende:

  • fortalecer a malha de transportes;
  • implementar políticas de incentivo e expansão do setor agropecuário; e
  • selecionar ações que promovam a sustentabilidade, inclusão social, desenvolvimento econômico equitativo e resiliência às mudanças climáticas.

(Com informações da Assembleia Legislativa)

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.