Mesmo com poucas vacinas, “privilegiada” fura a fila, no Paraguai

No caso denunciado pelo ABC Color, uma nutricionista ligada a políticos recebeu a imunização, mesmo não fazendo parte das listas prioritárias.