Mulher com duas crianças é presa na Ponte da Amizade levando carga de cigarro eletrônico

Uma das crianças é pessoa com deficiência; a motorista tentou resistir à abordagem alegando precisar levar filhos para um hospital com urgência.

Apoie! Siga-nos no Google News

A Receita Federal do Brasil (RFB) apreendeu R$ 58,5 mil em carga de aparelhos e cigarros eletrônicos na Ponte Internacional da Amizade, na fronteira do Brasil com o Paraguai. A responsável pela mercadoria estava com duas crianças no carro, uma delas pessoa com deficiência, com dificuldade de locomoção.

LEIA TAMBÉM: Polícia apreende 3 caminhões com R$ 1,5 milhão em eletrônicos do Paraguai

Um veículo cruzava a aduana e foi parado para fiscalização de rotina. A condutora do carro, uma mulher paraguaia, tentou resistir à abordagem alegando precisar levar os filhos para um hospital com urgência. Na vistoria, a fiscalização encontrou no carro uma grande carga de celulares e cigarros eletrônicos, sendo:

  • 28 celulares; e
  • mais de 1.000 cigarros eletrônicos.
Mercadorias foram retidas e a mulher foi presa em flagrante – foto: Divulgação/RFB


“A mulher foi presa e encaminhada à Polícia Federal para as devidas providências”, informou a Receita Federal. Segundo o órgão, o combate a crimes de contrabando, descaminho e tráfico na fronteira contribui para defender e promover o desenvolvimento da economia nacional, bem como para a segurança da população.

Os dispositivos eletrônicos para fumar, conhecidos também como vaper, são proibidos no Brasil, tanto na promoção, venda e consumo do produto, por implicar males para a saúde humana. A vedação é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que cobra maior fiscalização e ações educativas.

LEIA TAMBÉM