Polícia Civil deflagra operação contra crimes na venda de loteamentos em Foz do Iguaçu

Ação mobiliza mais de 30 agentes da 6.ª SDP, para dar cumprimento a sete mandados contra alvos da investigação.

Apoie! Siga-nos no Google News


A Polícia Civil deflagrou a segunda fase da Operação Loteamento, que visa a coibir crimes e irregularidades na comercialização de loteamentos em Foz do Iguaçu. A ação foi desencadeada nessa quinta-feira, 4, à tarde.

LEIA TAMBÉM: Civil prende sogra de 65 anos acusada de matar genro em Foz do Iguaçu

Mobilizando 32 agentes de diferentes delegacias especializadas, a intervenção foi coordenada pela 6.ª Subdivisão Policial (SDP). Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão para localizar documentos no âmbito da investigação.

Reporta a polícia que a apuração iniciou a partir de informação recebida no plantão da 6.ª SDP. No curso da investigação, em 28 de maio, representou-se pela expedição de mandados de busca e apreensão.

“Apurou-se que antes do término do processo administrativo de loteamento foram realizadas propostas de vendas de terrenos no loteamento investigado”, expõe a Polícia Civil. Essa prática, cita, é crime previsto na lei sobre o parcelamento do solo urbano (Lei n.º 6.766).

Documentos angariados nas empresas durante a Operação Loteamento 2 serão empregados como prova. E poderão identificar as pessoas envolvidas e descobrir se foram cometidos outros crimes.

Loteamentos

Em maio passado, a 6.ª Subdivisão Policial investigou e deflagrou operação em relação ao mesmo crime em Foz do Iguaçu. Na ocasião, as incursões demonstraram o envolvimento de diversas pessoas.

LEIA TAMBÉM
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.