Lago de Itaipu terá fórum permanente de turismo náutico

Intenção é potencializar o uso das águas fronteiriças para atividades ligadas ao setor, movimentando a economia da região.

Apoie! Siga-nos no Google News

Foz do Iguaçu terá um Fórum Permanente de Turismo Náutico, para discutir o desenvolvimento do setor no lago de Itaipu. O anúncio foi feito, nessa sexta-feira (24), durante o Congresso Internacional Náutica, realizado em paralelo ao Foz Internacional Boat Show 2023, evento que seguirá até domingo (26) no Iate Clube Lago de Itaipu (ICLI).

Leia também:
Foz Internacional Boat Show 2023 vai até domingo no ICLI

Ministros do Turismo do Mercosul assinam Carta de Foz do Iguaçu

O fórum é formado pelo secretário de Turismo de Foz, André Alliana, pela gerente de Divisão de Iniciativas de Turismo da Itaipu, Aline Teigão, pela presidente da Adetur Cataratas e Caminhos, Dagmar Pedrozo, pelo presidente Associação dos Municípios Lindeiros, Evandro Miguel Grade, e pelo diretor de Turismo do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Yuri Benites.

A estratégia é unir os municípios localizados às margens do reservatório para a estruturação de programas e roteiros envolvendo pescarias, excursões, regatas, esportes aquáticos e outras atividades, no arco entre Foz do Iguaçu e Guaíra.

Na edição iguaçuense do Congresso Internacional Náutica, que teve a participação de cerca de 150 pessoas, foram debatidos assuntos como infraestrutura náutica, legislação e normas do uso das margens do reservatório de Itaipu, entre outros temas ligados às potencialidades turísticas do local.

Para o secretário nacional de Infraestrutura, Crédito e Investimentos no Turismo, Carlos Henrique Menezes Sobral, a ideia é gerar mais uma opção de atrativo turístico, a exemplo do que já ocorre em Furnas, em Minas Gerais. “Ter uma visão da beleza de Foz por outro ângulo, além das Cataratas do Iguaçu e da própria usina”, disse.

O lago de Itaipu tem 1.350 quilômetros quadrados de extensão, com maior ocupação humana na margem brasileira. Atualmente, seu principal uso para práticas recreativas está relacionado às praias artificiais e marinas, passeios de barco e campeonatos de pesca, com polos como Santa Terezinha de Itaipu, Santa Helena e Mercedes.

(Com informações de Itaipu Binacional)

LEIA TAMBÉM